Uso correto da logomarca de Itaipu é tema de Roadshow para colegas da CSGC.GB

Uso correto da logomarca de Itaipu é tema de Roadshow para colegas da CSGC.GB

10h56 - 09/09/2019

A ideia é trabalhar com grupos reduzidos sobre a aplicabilidade da logomarca no setor. Fotos: Sara Cheida

Os empregados da Divisão de Gestão da Comunicação Social (CSGC.GB) participaram, na última sexta-feira (6), do 1º Roadshow sobre o uso correto da logomarca da Itaipu Binacional. O evento, realizado em um formato de bate-papo, foi promovido pela Divisão de Imagem Institucional (CSII.GB) e pela área de Educação Corporativa (RHDD.AD). A conversa foi conduzida pelos colegas João Chiodi e Anderson Guapo. 

No encontro, os participantes puderam entender melhor a importância de manter uma identidade visual e como isso pode influenciar na percepção que o público externo tem da empresa. A CSGC.GB foi escolhida como a primeira área a passar pelo curso por lidar diretamente com editais de patrocínio e ações externas onde a marca da Itaipu é divulgada em banners e outros documentos. 

Para Yuri, agora os empregados terão o conhecimento técnico para cobrar dos beneficiados a utilização correta da logo. 

De acordo com Yuri Pérez, da CSGC.GB, a conversa foi necessária para compreender melhor sobre a marca da empresa e fará com que os(as) empregados(as) da área redobrem a atenção a esse detalhe tão importante. “Ter esse conhecimento sobre o modo correto de divulgação da nossa logo nos ajudará a cobrar dos beneficiados a utilização correta dos materiais. Esse é um trabalho que já é feito, porém, agora, temos mais detalhes sobre o assunto”.  

De acordo com Chiodi, os erros são simples e podem ser facilmente evitados com um pouco de atenção. 

Os participantes também ouviram um histórico sobre a logo da empresa, criada em 1974 pelo designer gráfico Aloísio Magalhães. Segundo João Chiodi, não foi criada apenas uma imagem, mas sim, uma ideia de desenvolvimento. “A marca representa a filosofia da empresa e repassa para o público aquilo que ela é. O descuido com os materiais pode transmitir uma imagem distorcida daquilo que produzimos dentro da Itaipu”, comentou Chiodi durante o Roadshow. 

A marca, criada em 1974, representa o ideal de união entre os países. 

Bate-papo educativo

Os participantes tiraram muitas dúvidas durante a apresentação. 

A ideia de uma ação sobre o tema surgiu na Divisão de Imagem Institucional, pois, de acordo com Anderson Guapo, o uso indevido da logomarca não é visto apenas em materiais externos, mas também em produtos internos. “Ainda é comum encontrarmos documentos com a logo antiga e sem a formatação correta. Por esse motivo, precisamos criar uma padronização da imagem com todos os empregados(as)”. 

Segundo Guapo, é preciso ter atenção a esses detalhes no momento da divulgação. 

A Educação Corporativa contribuiu com a realização e sugeriu que a apresentação fosse feita em formato de bate-papo com uma área de cada vez, conforme aponta Lair Margarida da Rosa (RHDD.AD), uma das idealizadoras da ação.  “Dessa maneira, conseguimos trabalhar com grupos reduzidos e podemos falar diretamente sobre como a marca é utilizada conforme as necessidades do setor”, disse. 

Para facilitar ainda mais a compreensão sobre tema, os colegas da CSII.GB produziram um material informativo que está disponível na intranet, no seguinte endereço: Portal RH > Educação Corporativa > Pílula do Conhecimento > Uso Correto da Logomarca.  

Versão para impressão