Segurança Empresarial acompanha operação na Faixa de Proteção

Segurança Empresarial acompanha operação na Faixa de Proteção

17h05 - 13/02/2019

Agentes da Polícia Ambiental do posto de Santa Helena destruíram estradas clandestinas na Faixa de Proteção do Reservatório de Itaipu, nesta terça-feira (12). O superintendente de Segurança Empresarial (SE.AD), Antonio Volmei dos Santos acompanhou a operação. A Itaipu e a Polícia Ambiental mantêm um convênio para fiscalização da área.

O superintendente da SE.AD, Antonio Volmei, acompanhou a operação. Fotos: Mario Cezar de Almeida (AS.AD)

“A Segurança Empresarial não teria capacidade de fiscalizar toda a área do reservatório, por isso fazemos os convênios com os órgãos de segurança”, explica Volmei. Pela parceria, a Itaipu ajuda com a manutenção das viaturas usadas pela Polícia Ambiental na fiscalização, entre outros apoios.

As valas no chão dificultam o acesso de pescadores e caçadores ilegais.

Na ocasião, os agentes fizeram uma grande vala no chão, para impedir a chegada de veículos em portos clandestinos, na margem do lago. A prefeitura de Santa Helena forneceu o maquinário para a escavação. O objetivo é coibir crimes ambientais como pesca e caça ilegal, além da extração de madeiras e depredação da área. 

Os agentes encontraram restos de uma árvore cortada ilegalmente.

“Nós estamos fechando os acessos, dificultando o tráfego na região”, explica o sargento Adelar Schmidt, comandante do Posto da Polícia Ambiental, em Santa Helena. Segundo ele, a ação também dificulta a atuação de contrabandistas de armas e drogas na região.

Parceira entre Itaipu e Polícia Ambiental permite a fiscalização da faixa de proteção.

Versão para impressão