Proposta de Itaipu mantém reajuste dos salários e 95% do ACT vigente

Proposta de Itaipu mantém reajuste dos salários e 95% do ACT vigente

11h26 - 08/11/2019

Proposta de Itaipu será submetida à análise das Imagem ilustrativa de Gerd Altmann por Pixabay

A proposta de Itaipu para os sindicatos Sinefi, Senge e Sindenel, referente ao Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2020, mantém 95% das cláusulas do ACT vigente e também garante o reajuste automático pelo IPCA dos salários e do material didático para a próxima data base (novembro de 2020). O documento foi enviado aos sindicatos na terça-feira (5).

Os salários serão reajustados neste mês de novembro pelo IPCA integral dos últimos doze meses. Na próxima data base, em novembro de 2020, está assegurado o reajuste automático pelo IPCA apurado entre 1º de novembro de 2019 a 31 de outubro de 2020. Veja ao final mais detalhes das cláusulas econômicas.

Também estão mantidos os seguintes benefícios: PPDV; plano de saúde; política educacional; gratificação de férias; adicional regional; anuênio; adiantamento de 50% do 13º salário (em janeiro de 2020); isonomia e auxílio-creche. Confira neste link a proposta completa.

Indenização

Pela supressão do reajuste automático apenas no vale alimentação, será concedido o pagamento de uma indenização no valor de 1,3 remuneração, reajustando o piso e parcela fixa pelo IPCA dos últimos doze meses. Isso não significa que o vale alimentação deixará de ser reajustado neste ano. Em novembro de 2019, ele será reajustado pelo IPCA Alimentos e Bebidas.

Mesmo com a indenização, a empresa assumiu o compromisso de negociar, em novembro de 2020, o reajuste do vale alimentação. O mesmo compromisso vale para a concessão do abono salarial, que será negociado na próxima data base.


Vale alimentação terá reajuste, em novembro de 2019, pelo IPCA Alimentos e Bebibas e será negociado novamente em 2020. Imagem Alexas_Fotos para Pixabay

Segundo a Comissão Negociadora de Relações Trabalhistas (CNRT), todos os esforços foram feitos para que a negociação chegasse a um bom termo e aguarda o resultado positivo das assembleias marcadas pelos sindicatos para a próxima terça-feira (12).


          CLÁUSULAS ECONÔMICAS

CORREÇÃO SALARIAL
Os salários serão reajustados em novembro de 2019 pelo IPCA integral dos últimos 12 meses. Fica garantido o reajuste automático na próxima data base (novembro/2020) pelo IPCA apurado de 01/11/19 a 31/10/20.

MATERIAL DIDÁTICO
Os valores do reembolso dos gastos com material didático serão corrigidos em novembro de 2019 pelo IPCA PAPELARIA. Fica garantido o reajuste automático em novembro de 2020 pelo IPCA PAPELARIA apurado de 01/11/19 a 31/10/20. O reembolso será em março, agosto e novembro de cada ano.

TICKET ALIMENTAÇÃO/REFEIÇÃO
O valor será reajustado em novembro de 2019 pelo IPCA ALIMENTOS e BEBIDAS. Serão mantidos 13 talonários. Fica assegurada a negociação do próximo reajuste em novembro de 2020 tendo como referência o índice IPCA ALIMENTO e BEBIDAS.

INDENIZAÇÃO
No valor de 1,3 remuneração, reajustando o piso de R$ 8.298,22 e parcela fixa de R$ 1.659,65 pelo IPCA.
O Abono terá caráter indenizatório pela supressão do reajuste automático na cláusula 10ª do ACT vigente (vale alimentação). Não haverá incidência de tributação para o empregado (IRPF). Para o próximo ano, a ITAIPU se compromete a negociar o abono salarial com os sindicatos.

REEMBOLSO ARMAÇÕES e LENTES
Será reajustado pelo IPCA integral.

REEMBOLSO CONSULTAS MÉDICAS
Será reajustado em março de 2020.

TRANSPORTE ESCOLAR PARA FILHOS PcDs
Será reajustado em novembro de 2019 pelo IPCA integral o valor do reembolso do transporte escolar para filhos PcDs de empregados.

 

Versão para impressão