Programa Summer Job 2019 está com inscrições abertas

Programa Summer Job 2019 está com inscrições abertas

08h24 - 09/05/2019

Fonte: PTI

Segue até 16 de maio o prazo de inscrições para o Programa Summer Job, que terá uma de suas edições realizada no Parque Tecnológico Itaipu (PTI) entre 1º de julho e 9 de agosto. A iniciativa idealizada pelo Instituto CESAR permite que estudantes de diferentes áreas obtenham experiência prática na área de tecnologia além de potencializar habilidades, identificar talentos e proporcionar um ambiente de experimentação rápida para as empresas patrocinadoras.
     
Para participar, o candidato deve estar matriculado em uma instituição de ensino de nível superior (bacharelado ou tecnólogo) e ter disponibilidade de 40 horas semanais para se dedicar ao programa, além de perfil empreendedor e grande interesse por tecnologias e inovação.
    
Além do PTI, os estudantes poderão se candidatar para participar da iniciativa em Recife (PE), na sede do Instituto CESAR, bem como nas regionais do centro de inovação em Sorocaba (SP), Curitiba (PR) e Manaus (AM). Mais informações estão disponíveis no endereço www.summerjob.cesar.org.br.
     
Os participantes selecionados serão divididos em equipes multidisciplinares que receberão desafios com base em questões reais de uma empresa, seja um problema ou uma oportunidade apontada pela empresa patrocinadora. Feito isso, precisarão definir uma solução, prototipar e validar a escolha ao longo das seis semanas do projeto.
    
Em fevereiro deste ano, o PTI sediou o programa pela primeira vez. Na ocasião, acadêmicos de diversas regiões do País apresentaram soluções para dois problemas do Parque: a entrada de pessoas no novo acesso independente, que está em construção, e o controle do fluxo de turistas nos ônibus do Complexo Turístico Itaipu (CTI).
    
O Summer Job envolveu várias áreas do PTI, como o Programa de Desenvolvimento de Negócios, o Centro Internacional de Hidroinformática (CIH) e o Centro Latino-Americano de Tecnologias Abertas (Celtab). Essa interação foi fundamental para que as soluções pudessem atender às reais necessidades apresentadas pelo Parque.

Versão para impressão