Nova Itaipu: turismo da usina passará por uma grande reestruturação

Nova Itaipu: turismo da usina passará por uma grande reestruturação

18h29 - 18/11/2019

A partir de dezembro, a Itaipu deverá implementar uma série de melhorias para incrementar ainda mais o turismo da usina, o que trará benefícios para toda a região da fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina. “Será um grande salto de qualidade para garantir maior visitação nos atrativos da maior hidrelétrica em geração de energia renovável e de práticas sustentáveis replicadas pelo mundo inteiro”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.


Mirante do Vertedouro será reformado. Foto: Skytakes/Árvore Filmes

O plano de trabalho prevê, entre outras obras, a reforma dos mirantes Central e do Vertedouro, adequação do Centro de Recepção de Visitantes, inserção de tecnologias para garantir uma melhor experiência da visitação e de acessibilidade, além do embelezamento dos atrativos em si.

A continuidade da parceria da Itaipu e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI) para a gestão do Complexo Turístico já foi acertada.

Em março de 2020, a Itaipu e o PTI vão renovar o acordo. Com isso, a ideia é colocar em andamento, o mais rápido possível, os projetos de revitalização. A concessão tem validade até 2023.


CRV também passará por reformulação. Foto: Alexandre Marchetti

As obras serão feitas de forma gradativa, para causar o menor impacto possível para quem trabalha e visita a Itaipu. Já a partir de dezembro serão iniciadas as melhorias no Mirante do Vertedouro. O atrativo Itaipu Kattamaram será desativado, para a revisão da modalidade desse tipo de passeio.

O Complexo Turístico Itaipu (CTI) tem uma vasta experiência no modelo sustentável de operação do turismo. Em 2016, o CTI foi o vencedor na categoria Pesquisa, Tecnologia e Inovação do Prêmio de Excelência e Inovação do Turismo, concedido pela Organização Mundial do Turismo. O CTI também obteve a segunda colocação entre os dez Principais Pontos de Referência do 2016 Travellers’ Choice, do site Trip Advisor.

“Estamos fazendo vários estudos para tornar cada vez mais inovadora a experiência de visitar a Itaipu. Queremos que o visitante tenha a melhor memória afetiva da usina que pertence a dois povos irmãos”, diz o diretor administrativo financeiro do PTI, Flaviano da Costa Masnik.

Para mais informações sobre visitas à Itaipu, acesse o site www.turismoitaipu.com.br.


Mudanças começam em dezembro deste ano. Foto: Skytakes/Árvore Fimes

Versão para impressão