Meu Paraná, da RPC, destaca programa de reprodução das onças do RBV

Meu Paraná, da RPC, destaca programa de reprodução das onças do RBV

14h58 - 26/08/2019

O Programa Meu Paraná, exibido pela RPC no último sábado (24), destacou os esforços feitos pela equipe do Refúgio Biológico Bela Vista de Itaipu para a conservação da onça-pintada. Na reportagem, a jornalista Raphaela Potter dedicou um bloco inteiro ao trabalho que ajuda a garantir a reprodução genética da espécie. As duas últimas onças do Refúgio nasceram em 1º e 2 de junho e são filhas da onça-pintada melânica Nena e de Valente, que possui a coloração mais comum da espécie.


Oncinha nascida no Refúgio, no início de junho, foram mostradas pela RPC. Foto: Reprodução RPC

“[Como] são poucas as onças da Bacia do Paraná”, disse o veterinário Pedro Teles, da Divisão de Áreas Protegidas (MARP.CD). “Essas nascidas no Refúgio têm uma genética muito importante para a população de onças em geral”, explicou. O biólogo da MARP.CD, Marcos José de Oliveira, falou sobre a importância do aprendizado que os filhotes passam ao permanecer com a mãe até cerca de dois anos de idade.

A primeira onça nascida na Itaipu foi a Cacau, em dezembro de 2017, depois de 14 anos de tentativas de reprodução. Ela também é filha de Nena e Valente. Agora, aos 2 anos e 7 meses de vida, Cacau também ganhou espaço na reportagem da RPC, que explicou os trâmites para o processo de transferência da onça ao refúgio paraguaio de Itaipu. Já os novos filhotes e sua mãe Nena deverão ir, muito brevemente, para o recinto das onças, espaço aberto à visitação turística no RBV.

O link para a matéria é o https://glo.bo/2zlzfhv  (o acesso depende da liberação do login do usuário).

 

Versão para impressão