Lançamento de livro marca comemoração dos 32 anos do Ecomuseu de Itaipu

Lançamento de livro marca comemoração dos 32 anos do Ecomuseu de Itaipu

17h31 - 16/10/2019

Diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, destaca importância do Ecomuseu. Fotos: Rubens Fraulini.

No dia em que completou 32 anos de atividade, nesta quarta-feira (16), o Ecomuseu de Itaipu ganhou de aniversário um livro que retrata as três primeiras décadas da instituição. “Ecomuseu de Itaipu – 30 anos”, de Cláudia Feijó da Silva, traz fotos, depoimentos e histórias da época da construção da usina, além de descrever as atividades e a relação que o espaço desenvolveu com a comunidade.

O trabalho foi elaborado a partir de pesquisas feitas para a exposição de aniversário de 30 anos do Ecomuseu, em 2017. A exposição ficou seis meses em cartaz e depois viajou para os municípios da região, incorporando novas experiências e personagens.

Diretor de Coordenação, general Luiz Felipe Carbonell, com a autora do livro, Cláudia Feijó.

Obra tem tiragem de mil exemplares e será distribuído em museus e secretarias de Cultura da região.

“O lançamento da obra é o pano de fundo para celebrar a importância do Ecomuseu, um local que reúne cultura, história, tradição, ecologia, território. É um momento de reunir as pessoas para preservar a nossa cultura”, declarou o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna. “Aqui também é um espaço para reunir alunos e professores”, acrescentou, lembrando que na véspera (dia 15) foi comemorado no Brasil o Dia dos Professores.

Além do diretor-geral e da autora, Cláudia Feijó, participaram do lançamento o diretor de Coordenação de Itaipu, Luiz Felipe Carbonell; o coordenador do Sistema Estadual de Museus do Paraná, Renê Wagner Ramos; o superintendente de Gestão Ambiental (MA.CD), Ariel Scheffer da Silva; e a gerente da Divisão de Educação Ambiental (MAPE.CD), Leila de Fátima Alberton.

Leila de Fátima Alberton, gerente da Divisão de Educação Ambiental, área responsável pelo Ecomuseu de Itaipu.

Auditório do Ecomuseu ficou lotado para o lançamento da obra, que retrata as três primeiras décadas da instituição.

Para o diretor de Coordenação, o livro dá a oportunidade para que a história do Ecomuseu, a sua evolução como instituição, e a relação que construiu com a comunidade possam ser registradas e estejam acessíveis ao público. “Assim, podemos ter a certeza de que as futuras gerações vão conhecer o motivo e a evolução dessa grande obra”, salientou.

“Ecomuseu de Itaipu – 30 anos” tem mais de cem páginas (com papel reciclado), tiragem de mil exemplares, e será distribuído para museus e secretarias municipais de Cultura da região, ampliando a visibilidade da própria história da Itaipu, da região, e o trabalho desenvolvido pela equipe do Ecomuseu em Foz do Iguaçu.

Joaquim Silva e Luna e Cláudia Feijó. Ecomuseu é um local que reúne cultura, história, tradição, ecologia e território, diz o diretor.

Programação

A cerimônia desta quarta-feira (16) faz parte da programação de aniversário do Ecomuseu, que começou na segunda-feira (14) e segue até sábado (19), com diversas atividades. Após o lançamento, a professora adjunta da Faculdade de Artes do Paraná, Rosimeire Odahara Graça, apresentou a palestra “O papel dos museus nas cidades”.

Em seguida, Renê Wagner Ramos, coordenador do Sistema de Museus do Paraná, falou sobre “O Sistema de Museus do Paraná e parceria com museus e bibliotecas para implantação do Pergamum – software de banco de dados”.

Apresentação cultural dentro da programação de aniversário do Ecomuseu de Itaipu.

Diretor-geral de Itaipu e diretor de Coordenação acompanham apresentações culturais. Programação segue até sábado.

A programação prossegue nesta quinta-feira (17) com a atividade “ateliê criativo”, que vai reunir alunos da Associação Cristã de Deficientes Físicos de Foz do Iguaçu (ACDD). À tarde, será a vez dos alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Amina Barakat, participarem da oficina.

A sexta-feira (18) será dedicada aos integrantes do Programa Iniciação e Incentivo ao Trabalho (PIIT) da Itaipu. Eles vão assistir à apresentação teatral “As Mil e Uma Noites” – mas com histórias menos conhecidas que as de Aladdin, Simbad e Ali Babá.

Professora adjunta da Faculdade de Artes do Paraná, Rosimeire Odahara Graça falou sobre “O papel dos museus nas cidades”.

Versão para impressão