Integração Paraguai-Brasil é o foco da nova especialização da Unila

Integração Paraguai-Brasil é o foco da nova especialização da Unila

09h18 - 08/05/2019

Fonte: Rádio Cultura Foz

A UNILA abriu inscrições para o processo seletivo do curso de especialização em Integração Paraguai-Brasil: Relações Bilaterais, Desenvolvimento e Fronteiras. Esta será a primeira turma do curso, que tem por objetivo formar recursos humanos no campo da integração e das relações bilaterais Paraguai-Brasil. Os detalhes sobre a seleção, estão no Edital 26/2019, disponível em http://bit.ly/ParaguaiBrasil.

As inscrições terminam em 15 de junho. Podem disputar as 40 vagas graduados em qualquer área do conhecimento que tenham interesse na temática. A seleção será realizada em duas fases: avaliação de currículo (eliminatória e classificatória) e entrevistas (classificatória).

De acordo com o Projeto Pedagógico do Curso (PPC), a especialização em Integração entre Paraguai e Brasil “vem preencher um vazio na região”. “As universidades existentes na fronteira, apesar de contarem com cursos de especialização, mestrados e doutorados, não possuem este foco”, diz o documento. “Por isso, é importante a UNILA privilegiar o espaço de fronteiras como um espaço de produção de conhecimentos e saberes”.

O curso busca valorizar as especificidades que dão identidade à região, que cresceu principalmente a partir dos anos 1960 e 1970, a partir de diferentes fluxos migratórios impulsionados por fatores como a transformação de Ciudad del Este em um polo econômico paraguaio, o êxodo rural brasileiro e a construção da Usina de Itaipu. “A região abriga populações que dão ao território uma configuração específica, caracterizada pela pluriculturalidade e seu plurilinguismo”, afirma o plano pedagógico.

O egresso da especialização estará apto a atuar na gestão, administração e desenho de políticas públicas em instituições que tenham por objetivo impulsionar e fortalecer os processos de integração entre Paraguai e Brasil; desenvolver teorias que ensejem o fortalecimento dos processos de integração entre ambos os países; favorecer e impulsionar processos políticos, culturais e sociais que aprofundem a integração inclusiva, com equidade e justiça social entre Brasil e Paraguai, entre outros pontos.

Versão para impressão