Foz do Iguaçu entra na agenda da sustentabilidade do Ibeas

Foz do Iguaçu entra na agenda da sustentabilidade do Ibeas

15h09 - 28/05/2019

Foz do Iguaçu vai receber o Congresso Sul-Americano de Resíduos Sólidos e Sustentabilidade (ConReSol) de forma fixa a cada dois anos, revezando a sede do evento com a cidade de Gramados (RS). O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (28), na abertura do 2º ConReSol, no Cineteatro dos Barrageiros, na Itaipu. A cidade deve voltar a receber o congresso em 2021, em sua 4ª edição. A Itaipu Binacional apoia o evento.

Carlos Alberto Rino anunciou a participação contínua de Foz do Iguaçu na realização do ConReSol. Fotos: Nilton Rolin

“A cidade tem um potencial ambiental muito grande, com as Cataratas do Iguaçu, os rios e as áreas preservadas da região, além, é claro, de ser um grande polo turístico”, explicou o coordenador técnico do Congresso, Carlos Alberto Ferreira Rino, que preside o Instituto Brasileiro de Estudos Ambientais (Ibeas), entidade organizadora do evento.

Durante o congresso serão defendidos 288 trabalhos de vários estados brasileiros e de países sul-americanos.

Nos próximos dois dias, o ConReSol vai reunir mais de 500 pessoas, entre estudantes, pesquisadores e gestores municipais, para debater os desafios e as soluções do tratamento dos resíduos sólidos nos meios urbano e rural. Participam representantes de 23 estados brasileiros mais o Distrito Federal, além de pesquisadores do Paraguai, Argentina, Peru e Bolívia.

Serão apresentados 288 trabalhos técnicos, sendo 182 pôsteres e 106 na modalidade oral, em três idiomas (português, espanhol e inglês). O congresso terá cinco mesas redondas, 16 palestras técnicas, 3 visitas técnicas e um minicurso. 

Para o superintendente de Gestão Ambiental da Itaipu, Ariel Scheffer, o evento é uma grande oportunidade para especialistas do tema trocarem experiências e soluções para a gestão dos resíduos. “A Itaipu assumiu o compromisso com o desenvolvimento regional, nossa unidade de gestão é a bacia hidrográfica, é nela que damos os exemplos de uma empresa comprometida com o meio ambiente”, destacou.

Representando a Itaipu, Ariel Scheffer afirmou o compromisso da empresa com a sustentabilidade.

Ariel vai participar da mesa redonda “Experiência da Gestão de Resíduos Sólidos na Região Oeste do Paraná”, na manhã de quarta-feira (29), com o tema “Contexto Local da Gestão de Resíduos Sólidos”. “A empresa abraçou este tema, temos um compromisso muito forte e uma equipe apaixonada”, concluiu.

Palestra Magna

Scroccaro comentou sobre a nova estrutura dos órgãos ambientais do Paraná.

O diretor-presidente do Instituto de Águas do Paraná, José Luiz Scroccaro, fez a primeira apresentação mostrando a importância de mudar a concepção sobre os resíduos sólidos. “Ainda tratamos a matéria-prima de muitos produtos como lixo”, comentou. Em sua fala, ele explicou a criação do Instituto Água e Terra, que vai unificar órgãos como o próprio Instituto de Águas; o Instituto Ambiental do Paraná (IAP); o Instituto de Terras, Cartografia e Geografia do Paraná (ITCG), além de Simepar e Agência de Desenvolvimento.

Versão para impressão