Coleção de livros apresenta a vida dos girinos para crianças

Coleção de livros apresenta a vida dos girinos para crianças

08h21 - 17/05/2019

Fonte: Unila

“Um grupo de cientistas que pesquisa anfíbios estava muito curioso para entender mais sobre os girinos. Eles já tinham percebido que os girinos de sapos, rãs e pererecas são muito diferentes, mas faltava compreender o porquê da diversidade de formas, cores e comportamento dos girinos.”

O trecho do livro “De girino a adulto: muita história para contar” descreve como foi o início do projeto Girinos do Brasil, pesquisa que integra o Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade do Brasil (Sisbiota) e é desenvolvida por 22 pesquisadores de 17 universidades brasileiras, entre elas a UNILA. O livro faz parte de uma coleção destinada a crianças, que nasceu com a pesquisa e que apresenta para a meninada o universo muito particular desses seres minúsculos que habitam corpos d'água de norte a sul do Brasil.

A coleção tem um total de seis livros que estão em fase de impressão, mas que já podem ser baixados em formato eletrônico . As edições impressas serão distribuídas para bibliotecas de escolas públicas.

No projeto Girinos do Brasil, desenvolvido de 2011 a 2013, foram coletados girinos de mais de 300 espécies de anuros (sapos, rãs e pererecas), encontrados em cinco dos seis biomas brasileiros – Amazônia, Pantanal e Chaco, Mata Atlântica, Caatinga e Cerrado.

Um dos pesquisadores que fizeram parte do trabalho é o professor da UNILA Michel Varajão Garey. Ele é coautor de dois livros da coleção: “De girino a adulto: muita história para contar” e “Girino de todo jeito: conhecendo os girinos da Mata Atlântica”. “Quando estávamos pensando no projeto, chegamos à conclusão de que seria importante incluir uma vertente de popularização da ciência. Escolhemos fazer livros infantis por uma questão de formação, de educação ambiental, e para mostrar a importância dos anfíbios e dos girinos”, explica Michel.

Versão para impressão