Aprovada Central que irá gerar energia limpa no Parque Barigui

Aprovada Central que irá gerar energia limpa no Parque Barigui

08h33 - 10/07/2019

Fonte: Bem Paraná

A Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou o projeto de lei nº 293/2019, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a construção de uma pequena hidrelétrica para geração de energia no Parque Barigui, em Curitiba. O projeto de lei já havia sido aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

A CGH Nicolau Kluppel vai gerar 21.600 Kwh/m, o que significa a metade da energia consumida em todo o parque ou equivalente ao consumo de 135 residências médias. O empreendimento ficará localizado no vertedouro do lago do Parque Barigui. A construção da estrutura de concreto, a rosca helicoidal e os equipamentos eletromecânicos foram doados pela Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas (ABRAPCH). A estimativa é que a economia aos cofres públicos seja de R$ 132 mil por ano.

As PCHs e CGHs são as fontes com a menor emissão de gases de efeito estufa do mundo e também as mais baratas. Participaram da reunião o presidente da comissão, deputado Goura (PDT), e os deputados Evandro Araújo (PSC), Delegado Recalcatti (PSD), Delegado Fernando (PSL), Alexandre Amaro (PRB) e Tadeu Veneri (PT).

92% dos brasileiros querem se hospedar em acomodação ecológica 
Quase 8 em cada 10 (72%) dos viajantes brasileiros acreditam que as pessoas devem mudar seus hábitos agora e fazer escolhas mais sustentáveis de viagem se quiserem preservar o planeta para as futuras gerações. Além disso, 75% declaram que este ano se sentem mais determinados a fazer escolhas sustentáveis de viagens do que há um ano. Isto é o que revela o relatório anual de viagens sustentáveis da Booking.com, uma das maiores plataformas digitais de viagem.

Acomodações verdes
Com o objetivo de incentivar o conceito de viagem sustentável, as acomodações sustentáveis estão ganhando cada vez mais público, com quase a totalidade (92%) dos viajantes brasileiros afirmando que pretendem se hospedar ao menos uma vez em uma acomodação verde ou ecologicamente correta – um número que cresce todos os anos na pesquisa da Booking.com. Em 2018, 85% dos brasileiros haviam dito que procurariam uma acomodação sustentável contra 83% em 2017. Além disso, 86% dos viajantes brasileiros afirmam que teriam mais chances de reservar uma acomodação já sabendo que ela segue práticas sustentáveis, mesmo se não estivessem procurando por uma.

Versão para impressão