Grupo de energias limpas é formado pelo Executivo do Estado

Grupo de energias limpas é formado pelo Executivo do Estado

09h02 - 09/02/2018

Fonte: Metro Maringá

O governo do Estado instituiu esta semana um grupo de trabalho para colocar em andamento o “Programa Paranaense de Energias Renováveis”. A Secretaria do Planejamento será a coordenadora do novo programa, que quer promover e incentivas a produção e o consumo de energias renováveis, principalmente a eólica, solar e biomassa. Entre as primeiras ações previstas está a integração do programa ao Paraná Competitivo (que oferece incentivos fiscais para empresas que investem no Estado) e a busca por fontes de financiamentos para projetos de energia renovável. Segundo o governo, um dos primeiros temas a ser tratado é o uso de dejetos de animais, como suínos e bovinos, para a geração de energia (veja mais ao lado). O Estado tem o maior rebanho de suínos do País, com 7,13 milhões de cabeças, segundo dados do IBGE. “Precisamos dar um fim para os resíduos produzidos pelos animais, e um deles poderia ser a destinação para a produção de energia renovável”, disse o secretário do Planejamento e Coordenação Geral, Juraci Barbosa Sobrinho.

Metas

A política energética nacional, seguida pelo Estado. prevê redução da participação da hidroeletricidade de 81% para 73% até 2020 e a ampliação da geração de energia proveniente de biomassa de 5% para 10% e da energia eólica de 0,4% para 4%. 

Versão para impressão