Com apoio de Itaipu, Santa Helena melhora estrutura de programa de reciclagem

Com apoio de Itaipu, Santa Helena melhora estrutura de programa de reciclagem

15h50 - 08/02/2018

ovos equipamentos tornarão o trabalho mais fácil, rápido e lucrativo.

A Associação de Agentes Ambientais de Santa Helena inaugurou, no dia 17 de janeiro, no barracão de triagem da associação, uma série de equipamentos adquiridos para aperfeiçoar o trabalho de reciclagem. Os catadores do município fazem parte de um amplo grupo de cidadãos de diversas cidades do Oeste Paranaense apoiado pelo Programa Sustentabilidade de Segmentos Vulneráveis da Itaipu. 

Por meio do programa Coleta Solidária, a Itaipu está estabelecendo convênios para melhorias nas estruturas ou implantando barracões de reciclagem em 54 municípios. Também com o apoio das administrações municipais, Provopar, Sanepar e do Instituto Águas Paraná, são adquiridos maquinário, uniformes e outros tipos de equipamentos para os catadores. 

Renda dos catadores deve crescer com o aumento na reciclagem. 

Desde 2003 a Itaipu desenvolve ações para o fortalecimento das Cooperativas e Associações da região e a organização destas em redes de comercialização, tornando-as economicamente viáveis e sustentáveis para atuarem no mercado da reciclagem. 
“O projeto prevê apoio à infraestrutura, por meio de convênios, assim como formação continuada dos catadores e técnicos de referência municipais para o desenvolvimento da autogestão das associações e cooperativas, além do incentivo à contratação dos serviços ambientais dos catadores pelas prefeituras”, explicou Lorivan Webber, da Divisão de Ação Ambiental (MAPA.CD).

Em Santa Helena, foram adquiridos uma moega de triagem, uma esteira de separação de rejeitos, uma esteira de elevação de resíduos fixa, 50 carros de movimentação de big bags, 50 contentores de ráfia com alças de 500 litros, uma mesa de triagem de materiais, um tombador de carros de big bag, uma compactadora hidráulica vertical de múltipla caixa, um carro de movimentação de fardos de múltipla caixa, uma balança eletrônica (1.000 kg), rampa e um elevador de fardos de capacidade para 500 kg.

A aquisição desses equipamentos foi feita pelo município, em parceria com o Instituto Águas Paraná, trazendo benefícios à cidade, mais empregos, praticidade, rentabilidade, segurança, agilidade na separação correta de resíduos sólidos. 

Segundo a responsável pelos resíduos sólidos no município de Santa Helena, Yara Beling, “os equipamentos vão auxiliar os agentes ambientais na triagem do material recolhido no município, trazendo, consequentemente, um aumento no salário. No ano de 2017, a Usina de Reciclagem fez a separação de 896 mil toneladas de resíduos, tendo um lucro de R$ 615.845,84, que é dividido entre os agentes”.

Versão para impressão