Filho de gerente da MTSI.DF é aprovado para a carreira de diplomata

Filho de gerente da MTSI.DF é aprovado para a carreira de diplomata

12h03 - 21/12/2017

Fernando José Caldeira Bastos Filho (à esq), com o futuro diplomata, seu rebento Fernando José Caldeira Bastos Neto, aprovado na última semana.

O ano do colega Fernando José Caldeira Bastos Filho, gerente da Divisão de Inspeção (MTSI.DF), vai terminar ainda melhor, com a notícia recebida pela família na última sexta-feira (15). Seu filho, Fernando José Caldeira Bastos Neto, foi aprovado para a carreira de diplomata pelo Instituto Rio Branco. O ingresso na Diplomacia brasileira é concorrido e difícil: para concorrer à vaga é preciso ter uma ampla formação e fluência em pelo menos três línguas estrangeiras (inglês, francês e espanhol).

Os candidatos do Instituto Rio Branco precisam passar por três fases. A primeira delas consiste em uma prova objetiva em formato de teste sobre língua portuguesa, língua inglesa, história do Brasil, história mundial, política internacional, geografia, noções de economia e noções de direito e direito internacional público, de caráter eliminatório.

Na segunda etapa, eliminatória e classificatória, os aspirantes à diplomata precisam ser aprovados nas provas escritas de Língua Portuguesa; e de língua inglesa.

A terceira fase há uma nova rodada de prova sobre história do Brasil, política internacional, geografia, noções de economia, noções de direito e direito internacional público, língua espanhola e língua francesa, também de caráter eliminatório e classificatório.

"Eu me recordo que, quando entrei na Itaipu, nos anos de 1990, um jornalista da empresa também foi aprovado neste concurso. Na época, houve uma grande repercussão, justamente pela dificuldade que é a aprovação", recordou Fernando. "Estou muito orgulhoso, como qualquer pai estaria", concluiu.

Versão para impressão