Itaipu espera 8.500 visitantes neste feriadão de Finados

Itaipu espera 8.500 visitantes neste feriadão de Finados

13h49 - 31/10/2017


Visitantes em Itaipu no feriado prolongado da Padroeira, em 12 de outubro. Movimento deve ser grande neste feriado de Finados na usina.

O feriado prolongado desta semana deve trazer 8.500 visitantes à Itaipu entre a quinta-feira (2), Dia de Finados, e o domingo (5). A previsão é do Complexo Turístico Itaipu (CTI), responsável pela operação comercial turística do lado brasileiro da usina.

Para receber os turistas, o CTI vai ampliar os horários para os dois atrativos mais procurados, a Visita Panorâmica e o Circuito Especial. Na sexta-feira e no sábado, a Visita Panorâmica terá saídas de 15 em 15 minutos. Em dias normais, as partidas ocorrem a cada meia hora. O Circuito Especial terá três horários extras: 9h, 13h30 e 14h. Os demais horários estão mantidos (8h30, 9h30, 11h, 13h, 14h30 e 15h30).

Este será o primeiro feriado pós-início da venda do Passaporte 3 Maravilhas, que começa a ser vendido nesta quarta-feira (1º) em guichês especiais na Itaipu, nas Cataratas do Iguaçu e no Marco das Três Fronteiras.

O documento dá direito à entrada nos três atrativos (em Itaipu, o acesso é para a Visita Panorâmica, com direito à gratuidade no Ecomuseu) e descontos no estacionamento, restaurantes e lojas de suvenir instaladas nos locais.

Em Itaipu, um guichê exclusivo do Passaporte 3 Fronteiras atenderá quem adquiriu o serviço no Parque Nacional do Iguaçu ou no Marco das Três Fronteiras para validar a entrada na usina (na Visita Panorâmica/Ecomuseu). No mesmo local, o turista que ainda não dispõe do Passaporte poderá adquirir o seu.

Ocupação em alta

Na última semana, a ocupação na rede hoteleira de Foz do Iguaçu projetada para o feriadão já era de 81%. Os dados são do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu (Sindihotéis). Os números são resultado de uma pesquisa feita pela instituição em 28 meios de hospedagem da cidade, nas categorias duas a cinco estrelas. De acordo com o levantamento, 90% das reservas foram feitas por brasileiros e 10% por estrangeiros.
 

Versão para impressão