Por que o colega Enes Donizete Negrão está tão orgulhoso?

Por que o colega Enes Donizete Negrão está tão orgulhoso?

14h36 - 31/10/2007

Seguindo os passos do pai


   

Denis Donizete Negrão, filho do colega Enes Donizete Negrão (Técnica), ficou em 1º lugar na fase estadual da Mostra Inova, do Senai, em Maringá. A mostra foi feita paralelamente à Olimpíada do Conhecimento 2007, de 16 a 20 de outubro. 
   

Ele representou um grupo de cinco alunos do curso técnico de Mecânica do Senai, de Foz do Iguaçu. O Trabalho "Guindaste Hidráulico Multiarticulado", produto tecnologicamente aprimorado, vai concorrer agora na fase nacional, ainda sem data definida. O trabalho foi orientado pelo professor Moacir Soares. O concurso tem como objetivo desenvolver a criatividade dos alunos a partir da elaboração de um projeto.

   
   


    
   

Para chegar até o projeto, primeiro foi preciso entrar num consenso. Os colegas pensaram numa forma de melhorar um equipamento convencional, no caso um guindaste. 
  
   

O trabalho consistiu basicamente em criar duas movimentações para o equipamento, uma angular e uma de extensão e recuo. Segundo Denis, o guindaste hidráulico multiarticulado facilita a vida do operador e traz vantagens também para a empresa que trabalha e utiliza o produto. 

   
   

Hoje o guindaste convencional é responsável por inúmeros acidentes de trabalho. O equipamento multiarticulado poderia reduzir o problema em grande parte.
   


   
A próxima etapa é demonstrar o produto para as empresas que fabricam e trabalham com guindaste. E Denis está bastante otimista. É o espírito empreendedor fazendo a diferença.
  

Vá ao shopping
   


   

E a dica da coluna para quem mora ou visita Foz do Iguaçu é conhecer o shopping recém-inaugurado. Nem que seja só para olhar vitrines, passear na área de lazer ou bater-papo na praça de alimentação.

  

Por falar em shopping, pelo menos dois colegas de Itaipu torcem para que o empreedimento dê certo. O Fernão Carbonar, que tem o Stratto Caffé no local, e Edílio Dall gnol,  que tem ali uma farmácia. Sorte a ambos.

Segundo Fernão, o café usado no local é adquirido do Santo Grão, em São Paulo. O café especial é um produto altamente controlado desde o plantio até a xícara. Ontem, ainda Carbonar, ao tomar um gole do café servido no local um cliente fez cara de espanto e declarou: "mas este é o café que tomo na Itália. Eu nunca consigo encontrá-lo aqui no Brasil". Agora, ele já sabe onde encontrar.


    

 

Dicas culturais
   

Livro

A dica do livro “Homens Notáveis - A História da Palestina nos tempos de Jesus”, de Léon Tolstoi, é da colega Laura Lígia Bruno Lopes, dos Serviços Gerais. A obra traz contos que revelam alguns encontros do Mestre Jesus com pessoas que, apesar de anônimas, foram destacadas por Tolstoi neste livro. Essas inusitadas personagens nada mais são do que seres humanos sujeitos às imperfeições encontradas em quaisquer indivíduos da atualidade. Nos encontros descritos é preciso identificar com clareza nosso orgulho, vaidade, humildade, dor, ódio, inveja, raiva, frustração e desesperança, bem como nossa humildade, abnegação e nosso altruísmo, latentes em nossa intimidade. "O livro é ótimo, e não precisa ter uma religião específica para entendê-lo", explica Laura. 
  


Filme

A adolescente do PIIT Bruna Andréa Chagas (AS.AD) indica o filme “Se ela dança, eu danço”. O filme conta a história de Tyler Gage, que, após depredar um colégio, é enviado para fazer serviços comunitários em uma escola de artes. Lá ele conhece Nora Clark, uma bela aluna de dança moderna que precisa urgentemente de um novo parceiro. Tyler está acostumado com as danças de rua, mas reluta à idéia de ser o novo parceiro de Nora. Mas, aos poucos ele aceita a idéia e passa a se envolver com Nora. Para Bruna, vale a pena assistir mais de uma vez. “Nunca gostei tanto de um filme de música, assisto todos os dias!”

Versão para impressão