No feriado, opções é o que não faltam

No feriado, opções é o que não faltam

09h23 - 06/09/2007

 
    

O cenário não poderia ser mais perfeito para quem visitar Foz do Iguaçu neste feriado. Clima de verão, em pleno inverno, flores em todos os cantos anunciando as chegada da primavera. E gente hospitaleira por toda parte. 


    

Os hotéis estão com boa ocupação, mas ainda há vagas. Para os moradores ou turistas o que não faltam são opções para passear ou simplesmente descansar: Cataratas do Iguaçu, Parque das Aves, Refúgio Biológico Bela Vista, Complexo Turístico Itaipu, entre outros. Para os curitibanos, a opção natural são as praias do Paraná e Santa Catarina.


   

Resultado da enquete
Vamos saber o que os nossos leitores e leitoras farão neste feriadão. No resultado da nossa enquete.
Exatamente 331 leitores participaram da enquete do JIE, "O que você vai fazer no feriadão?" Duas respostas, totalmente opostas, ficaram praticamente empatadas: "Descansar" (33%) e "Trabalhar" (30%).
Para 19% dos leitores, o feriadão servirá para "Viajar", enquanto 10% preferem "Ver amigos(as)". Uma minoria (8%) escolheu a opção "Ler e dormir".

Quer saber outras opções, programe-se:
Carros antigos em desfile
No dia 7 de setembro, o Catarautos vai participar do desfile da Independência do Brasil. E convida a todos os amigos a participar com seus carros antigos.


    

Para quem vai ficar em casa
Livros e DVDs

“Licença para Casar”, é o filme indicado pela bolsista do PDTA Poliana Cavallari Eidt. O filme conta a história dos noivos que querem se casar à moda antiga, Ben Murphy (John Krasinsky) e Sadie Jones (Mandy Moore). E para isso, eles terão que passar pelo rigoroso curso de preparação para casamentos realizada pelo reverendo Frank (Robin Williams).



    

Por meio de tarefas de casa completamente incomuns e algumas piedosas manipulações, o casal está prestes a descobrir se realmente tem o que é necessário para chegar ao altar. “O filme é muito engraçado e o ator Robin Williams está hilário”, diz Poliana.
    

Filme: Desafiando os gigantesMesmo quem não entende nada de futebol americano, pode se emocionar com essa produção que tem um tema  universal que, aplicado ao esporte, consegue angariar um bom apelo. A dica é do colega  Alessandre Gonçalves Siviere.
Trata da história de um técnico de futebol americano de uma escola que, em seis anos, jamais conseguiu levar seu time a um campeonato vitorioso.  Se sua vida profissional não vai nada bem, não é muito diferente com a sua vida pessoal. Assim, com todos os aspectos da sua vida lhe dando insatisfação, a idéia de desistir do esporte lhe parece mais tentadora do que jamais pareceu. Mas quando um estranho visitante chega ao local, sua visão começa a mudar, já que o homem começa a mostrar ao técnico que o poder da fé poderá ser a sua salvação, e a perseverança poderá lhe dar a chave para vencer.
    

Livro
“Assassinatos na Hotelaria ou Como Perder seu Hóspede em 8 Capítulos” de Ricardo Coimbra, é a dica da estagiária de eventos, AS.CD, Laiana Pereira do PTI. A obra oferece ao leitor uma visão crítica e realista através de experiências do autor como gerente e hóspede do que ocorre nos bastidores de um hotel. O autor mostra em capítulos com títulos engraçados tais como "Como Assassinam um hóspede", exemplos de atitudes e falhas de atendimento que fazem com que clientes decidam não mais retornar a um hotel.  “É bastante interessante pois ele conta fatos verídicos, presenciados no dia-a-dia de um hotel. As pessoas presentes na história não têm suas identidades reveladas, porém é possível identificar diversos estereótipos presentes no ramo do Turismo e Hotelaria”, explica Ricardo.
   

Versão para impressão