Telecentros: inclusão digital para 40 mil pessoas

Telecentros: inclusão digital para 40 mil pessoas

15h05 - 30/08/2007

 

 

Este telecentro funciona na Guarda Mirim de Foz do Iguaçu.

 

A rede de telecentros mantida pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em parceria com o Instituto de Tecnologia Aplicada e Inovação (Itai) e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, já promoveu a inclusão digital de aproximadamente 40 mil pessoas. Atualmente, são 40 telecentros espalhados por seis municípios do Brasil e 14 municípios Paraguai.

Os telecentros são espaços criados para promover a inclusão digital de comunidades carentes e de micro e pequenos empresários. Nestes espaços, os usuários têm acesso e também recebem capacitação para que possam utilizar a informática como meio de profissionalização e acesso ao conhecimento.

Além das aulas de informática oferecidas nos telecentros para comunidades carentes, o PTI e o Itai também desenvolveram uma ferramenta de ensino a distância, voltada para os monitores e o público empresarial. Por meio dessa ferramenta, empresários têm acesso e aprendem a utilizar o Sistema de Gestão Empresarial (Sige), um programa utilizado no gerenciamento e organização empresarial.

Já para os monitores dos telecentros, a ferramenta de ensino a distância permite acessar o Sistema de Gestão de Telecentros, programa que oferece dados estatísticos sobre o funcionamento dos telecentros, como número de usuários e horário de maior movimento.

ServidoresTodos os computadores instalados nos telecentros utilizam software livre e foram doados pela Itaipu,  PTI, Itai e Receita Federal. Desde 2004, quando o projeto foi implantado, cerca de 300 computadores foram instalados nos telecentros.

Como a maioria dos computadores doados são considerados obsoletos, o PTI e o Itai também desenvolveram uma tecnologia de servidores, que permite, através de apenas um servidor, conectar várias estações de trabalho. Com isso, é possível garantir o bom desempenho dos computadores.

A tecnologia de servidores também está sendo usada na rede de Telecentros do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio - MDIC. Segundo o analista de sistemas do Itai e coordenador do projeto Telecentros, Chen Chien Chung, serão montados cerca de 1.000 servidores que serão distribuídos entre os telecentros do MDIC. O trabalho é resultado de uma parceria entre o Ministério, o PTI, o Itai, a Receita Federal e Intel.

No total, a rede do MDIC conta com cerca de 3.200 telecentros no Brasil. Entre eles, estão os 40 telecentros do PTI, que também integram a rede do MDIC.

Versão para impressão