Turbinadas
No aniversário de Caio, presente para Isabela
04/10/2011 | 16h59

Com o Caio Coronel não tem enrolação. Ele chegou cedo no trabalho, na manhã desta terça-feira (4), equilibrando nos braços bolo, salgados, doces e sucos. O aniversário era dele e o fotógrafo não queria saber de surpresas.
          

Pessoal reunido na Redação do JIE e do JIM. Festa para nosso coronel.

    
O pessoal foi chegando aos poucos e, no meio da manhã, foi cantado o parabéns. Para prestigiar as adolescentes do PIIT da manhã e da tarde, o bolo ficou para o segundo período do dia.
        
De presente, o colega ganhou um jogo, o Pula-Pula Macaco, para crianças maiores de três anos. A explicação: o Caio é o vovô-coruja da Isabela, que completa seis aninhos no proximo dia 17 (ele fez questão de lembrar). O presente é para ele brincar com a netinha.
        

O presente é para o Caio e a netinha Isabela.

     
"Eu sempre estou brincando com ela estes joguinhos que desenvolvem a criança", conta o vovô. Agora, ele vai esperar a pequena Helena, nascida em 19 de setembro, crescer para brincar também.
     

Para escolher o presente de Caio, uma força-tarefa multidisciplinar foi feita na Divisão de Imprensa. Ele gostou da surpresa.

    
Os colegas da Divisão de Imprensa desejam muitas brincadeiras na casa do Caio Pá. E que ele continue com este espírito de menino tão jovem quanto as netinhas que tanto lhe dão orgulho.


Criançada fará a festa na Assemib
04/10/2011 | 14h43


O Dia das Crianças (12 de outubro) será celebrado mais cedo na Assemib, lá a festa vai ser domingo (9).    

             

A 12º edição da Festa do Dia das Crianças da Assemib será no domingo (9). A festa é para os sócios da Assemib e seus dependentes diretos. Os associados podem retirar os convites para a festa até sexta-feira (7), das 8h às 19h, e no sábado (8), das 8h às 12h. O evento será na sede social da associação, na Avenida Araucária 716, Vila A, no domingo (9), das 9h às 17 horas.

                    


Este ano, as atividades serão realizadas com a temática sustentabilidade ambiental.  

                                 
Também foram convidadas as entidades Lar de Apoio à Criança e ao Adolescente (Laca) e Criança Núcleo de Valor. Este ano, a comemoração abordará o tema sustentabilidade ambiental, com o título “Amiguinhos da Natureza”. O evento deve repetir o sucesso da edição do ano passado e reunir cerca de três mil pessoas, entre crianças, adultos e organizadores.                       

                    

O circo marca presença com a Troupe Luz da Lua.
                           

Como nos anos anteriores, serão servidos lanches, refrigerantes e picolés. A Troupe Luz da Lua vai encantar o público com a arte circense. Haverá brincadeiras, apresentações e oficinas de circo para os pequenos. Todas as atividades serão gratuitas.
                  
Para mais informações, os telefones da Assemib são (45) 3524-2533 e (45) 3520-5079. Endereço: Avenida Araucária, 716, Vila A, Foz do Iguaçu.


A Anninha agora comanda o divã
04/10/2011 | 10h27

Festa para a Anninha. Ela agradece aos colegas que se reuniram no café da manhã.

    

A Anninha está se despedindo de Itaipu, após 25 anos de dedicação. De secretária da Diretoria Técnica, Anna Maria Sanseverino assume sua nova paixão: a psicologia. O café da manhã de despedida foi na sexta-feira (30), no quinto piso do Edifício de Produção, e reuniu mais de 50 colegas. Em sua “aposentadoria”, ela pretende seguir atuando na profissão que exerce desde 2010, quando se formou em Psicologia pela Cesufoz.
       
“Eu não posso dizer que vou tirar férias porque tenho um compromisso com meus pacientes”, diz Anna, tão animada quanto no tempo em que entrou em Itaipu, em junho de 1986.
         

 Desde 1989, quando assumiu a secretaria da DT, Anninha trabalhou com oito diretores técnicos executivos.

      
Naquela época, ela trabalhava no Banco Real e era responsável pelos pagamentos dos empregados de Itaipu. “Muitos já eram meus amigos”, conta. Em busca de estabilidade, ela trocou o banco pela secretaria no então Departamento de Manutenção. Em 1989, assumiu a função na Diretoria Técnica e, desde então, assessorou oito diretores técnicos executivos na empresa.
       

A Anninha está em Foz desde 1976, vinda de Rio Claro, interior de São Paulo. "Adoro Foz, aqui é sempre Foz", diz. No Paraná, ela criou as duas filhas: Rafela Salti, 29 anos, e Caroline Freire, 22. Agora, além das filhas, ela quer curtir o maridão Luiz Antonio, relações públicas de Furnas.

      
O melhor sapato
     
A nova profissão caiu muito bem para Anna. “Eu amo psicologia. Clinicar é como se eu calçasse o meu melhor sapato”, define. Ela agradece à Itaipu a oportunidade de ter feito o curso e de tê-la preparado para a aposentadoria. “Tive muitas alegrias na Itaipu e ela me fez o que eu sou hoje. Eu me preparei para este dia, por isso estou contente”.
           
E conclui. “Torço muito por isso tudo aqui, torço pelas pessoas, que elas saiam da mesma forma que eu estou saindo: feliz!”

  

O JIE publicou
  
Recentemente, outro colega também abraçou a psicologia após a aposentadoria na Itaipu. Para (re)ver, clique no link abaixo:
  
Dilton não quer saber de chinelinho


Noite de festa celebra os 37 anos da Segurança Empresarial
03/10/2011 | 17h48

Descontração na festa de aniversário da Segurança Empresarial: 37 anos de ótimos serviços.

  

O aniversário de 37 anos da Segurança Empresarial (SE.AD) é nesta segunda-feira (3), mas a comemoração foi antes, na última sexta, 30 de setembro. O setor ofereceu a empregados e assistidos um belo jantar de confraternização, no Restaurante Don Cabral, em Foz do Iguaçu. Participaram 185 pessoas.

 

Jantar caprichado, mesa bem servida. Empregados e assistidos aproveitaram para colocar a conversa em dia.

 

Além do cardápio caprichado e do discurso de boas-vindas do coronel Rogel Abib Zattar, superintendente da SE.AD, a festa também serviu para a premiação dos vencedores da 5ª Seseg – a Semana da Segurança Empresarial.

 

Troféus colocados na mesa antes da premiação. No total, SeSeg reuniu 12 modalidades diferentes.

 
Os vencedores das 12 modalidades ganharam troféus e medalhas. Ao longo da Seseg, foram disputadas provas de rafting, bocha, tênis de mesa, xadrez, futebol sete, orientação, basquete, ciclismo, atletismo, natação, vôlei e truco.

 

Coronel Zattar fala aos colegas no jantar de confraternização. Aniversário é também momento  de reflexão.

 

Saudação

 

Para marcar a data, o coronel Rogel Zattar divulgou nesta segunda-feira um texto aos empregados da área. Para ler, e ver mais fotos da festa no Don Cabral, clique em Leia Mais.


Afonso é só alegria com o nascimento do quarto filho
03/10/2011 | 16h47

O paizão falou que a família está completa e, agora, quer "fechar a fábrica".

    

Na última quinta-feira (29), o colega Afonso Silva, da Assistência da Diretoria Administrativa (AS.AD), recebeu um presente esperado há nove meses: o nascimento de seu quarto filho, Miguel Afonso Silva. Ele veio ao mundo às 8h08, no Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC). O garotão nasceu esbanjando saúde, com 3.250 gramas.

 

Miguel Afonso Silva veio ao mundo com 3,2 quilos.

 

Fonso, como é conhecido pelos amigos da Itaipu, mostrou que tem coração forte e é um pai presente em todos os momentos. Ele acompanhou de perto o nascimento de Miguel. “Já assisti ao nascimento de todos. Estou craque no assunto”, falou o paizão.

 

O pequeno Miguel trouxe ainda mais felicidade para a família.

 

Apesar de já ser expert no assunto, ele disse que a emoção é diferente em cada nascimento. “É um novo filho, uma nova história, são sentimentos diferentes. Estou muito feliz”, disse o colega.

  

Seja bem-vindo, Miguel. A Afonso e sua família, os parabéns da Divisão de Imprensa.


Cataratas receberam mais de 1 milhão de visitantes em 2011
03/10/2011 | 16h37

Turistas lotam mirante das quedas das Cataratas: movimento mostra bons tempos do turismo de Foz do Iguaçu e região.

  

A menos de três meses para o final do ano, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, na fronteira do Brasil com a Argentina, registrou nesta segunda-feira, 3 de outubro, um milhão de visitantes.
     
O número foi comemorado pela gestão integrada do turismo, que trabalha com uma projeção recorde de visitantes para 2011. Com base na visitação até agora, a expectativa é que ao menos 1 milhão e trezentos mil turistas passem pelas Cataratas do Iguaçu até o final do ano.
  
Para o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, o registro de um milhão de visitantes nas Cataratas a 90 dias do final do ano mostra que 2011 baterá facilmente a marca histórica de 2010, quando 1 milhão e 265 mil visitantes passaram pelo atrativo. Até agora foram 100 mil turistas a mais que no mesmo período do ano passado.
       
“Já é possível afirmar que bateremos o recorde do ano passado, que já foi muito bom, com folga de quase 10%”, acredita Pegoraro. O chefe do Parque Nacional do Iguaçu atribui o aumento do movimento de visitantes ao trabalho da gestão integrada do turismo na promoção do Destino Iguaçu. “A Itaipu, a Prefeitura, o Convention, o Fundo Iguaçu, todos são responsáveis por esse bom momento”.  
  
A mesma opinião é compartilhada pelo presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla. “Devemos antecipar em quase um mês o recorde de visitantes de 2010. Vamos ultrapassar a meta de 1,4 milhão neste ano. Isso é fruto do trabalho conjunto do setor público e da iniciativa privada e da mudança da imagem do Destino Iguaçu”.
      

Para o presidente do Iguassu Convention & Visitors Bureau, Camilo Rorato, “conseguir chegar a um milhão de visitantes ainda no começo de outubro mostra a seriedade do trabalho da gestão integrada do turismo para trazer mais visitantes a Foz do Iguaçu e aumentar seu tempo de permanência na região”.
     

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Jaime Nelson Nascimento, “com a gestão integrada do turismo, Foz ganhou uma visibilidade muito maior e a tendência do setor é de crescimento. Os números comprovam isso”.


Bolo e velinhas no niver do Reviver
03/10/2011 | 16h28

Hora de apagar as velinhas. Colegas de Curitiba capricharam na festa de aniversário do Reviver.

 

O Edifício Parigot de Souza, sede da Itaipu em Curitiba, estava em festa na última sexta-feira (30). Em comemoração aos 17 anos do Programa Reviver, empregados que participam das atividades tiveram direito a bolo de aniversário, com velinha e tudo. Além do coffee-break, um dia antes, na quinta-feira (29), foi realizada a segunda sessão de avaliações físicas do Programa de Ginástica na Empresa (PGE) e do Programa de Condicionamento Físico (PCF).

 

Atividades

 

Os programas de incentivo à prática de atividade física, como o PGE e o PCF, são apenas algumas das iniciativas do Reviver, que completou os 17 anos no último dia 21 de setembro. Por meio do Reviver, outros programas permanentes são elaborados para melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores de Itaipu, como é o caso do Grupo Solidário em Câncer, do Programa de Educação Financeira, além da interface na entrega das cestas de produtos orgânicos, entre outras ações.

 

Além de bonito, bolo estava delicioso. Tanto que, depois dessa foto, não sobrou nenhum pedaço.

 

Avaliações físicas

 

O Reviver programou dois dias de avaliação física na última semana – na terça (27) e na quinta-feira (29). Quem não pode comparecer no primeiro dia, aproveitou a segunda chance. Foi o caso de Jéssica Aparecida de Oliveira. A estagiária do Planejamento Empresarial pratica ginástica laboral todos os dias e participou pela primeira vez da avaliação. “A partir de agora, os exercícios serão realizados de acordo com minha necessidade”, disse ela.

 
No total, dos 89 inscritos no Programa de Condicionamento Físico, 35 participaram das avaliações físicas. Já no Programa de Ginástica na Empresa, dos 100 frequentadores, 55 participaram das avaliações.

 

Grupo que toca as atividades do Reviver na capital. Dia foi de sorrisos e confraternização.

 

Artigo

 

A coordenadora do Reviver em Curitiba, Rosana Marlene Cordeiro, escreveu um texto sobre o programa. Para ler o artigo, clique em Leia Mais.


Aventura em alta cilindrada pelo asfalto da usina
03/10/2011 | 15h27

Antes do passeio, os motociclistas se concentraram nas imediações da Barreira de Controle.

   
O ronco de motocicletas potentes, acima de 350 cilindradas, soou alto pela usina na manhã de sábado (1º), durante o passeio promovido pela Motec – Concessionária Honda de Foz do Iguaçu. O evento reuniu cerca de 70 pessoas, entre motociclistas da região e a equipe de apoio que acompanhou o grupo.
  
“Veio gente de Matelândia para cá”, disse o organizador do encontro, Clóvis Matozinho, gerente da Motec. A empresa inaugurou uma nova loja em Foz, especializada em motos de alta cilindrada, na noite de sexta-feira (30). O passeio pela Itaipu fez parte das comemorações.
  

Sobre as rodas das máquinas potentes, já dentro da usina, o grupo tratou de desfilar e curtir a paisagem.

  
A instabilidade do tempo atrasou um pouco a saída da Barreira de Controle – o ponto de encontro. Mas nada que atrapalhasse o ânimo dos desbravadores do asfalto. Entre eles, alguns empregados da Itaipu, como João José Pereira, assistente do diretor administrativo (AS.AD).
   
No total, o passeio durou aproximadamente uma hora e meia. Foram dois pontos de parada: o alto da barragem, na cota 225, o Mirante Central. “Fomos muito bem-recebidos. Tudo transcorreu tranquilamente e os comentários dos participantes foram os melhores possíveis”, ressaltou Matozinho.

  

Veja mais imagens:

  

Conscientes e atentos à sinalização, o grupo não excedeu os limites de velocidade: cilindradas poupadas.

  

No alto da barragem, os motociclistas tiveram a visão do reservatório.

  

Cota 225, um dos pontos de parada.

  

No Mirante Central, outra pausa para foto.


Desafio de futebol: Coordenação tira invencibilidade do Centro Executivo
03/10/2011 | 11h20

Quando o maestro Rogério saiu de campo com um estiramento na virilha, aos cinco minutos de partida, o time master do Centro Executivo percebeu que o jogo, na quinta-feira (27), não seria fácil. Era o quarto desafio e a invencibilidade se mantinha. Mas do outro lado do campo, o jovem time da Coordenação tinha gana em quebrar o tabu e devolver a derrota do último confronto. Fez mais: goleou. Os mestres sofreram o primeiro revés: 14 x 9.
      

Coordenação e Centro Executivo, os rivais mais antigos da Era dos Desafios. O time de branco levou a melhor contra os masters da Vila A.

      
O time da Coordenação jogou entrosado, com toque de bola e muita correria. Do outro lado, o esquadrão da Vila A não se encontrava em campo. Ao estilo varzeano, o jornalista Murilo, “o corredor”, perdeu a chuteira direita e jogou boa parte da partida com um pé desprotegido.
     

Nilton Rolin reclamou da "juventude" do adversário. Nem sua famosa "patada" salvou a partida.

     
“Os caras colocaram uma piazada pra jogar”, reclamou o fotógrafo da CSIM.GB, Nilton Rolin. “A gente poderia ficar correndo dois dias aqui que não ia pegar eles”. Outro que reclamou foi Nelvi, "o capitão". Aniversariante do dia, Nelvi amargurou um presente de grego.
    
Foz do Iguaçu X Santa Helena
    
O time da Coordenação soube dominar a equipe adversária. Não fizeram mais gols graças a Ramon, goleiro substituto do Centro Executivo. De acordo com Celso Carlos, a equipe desafiante está treinando para um desafio particular da Coordenação: o grande confronto de fim de ano, contra os colegas de Santa Helena.
     

A equipe da Coordenação tocou bem a bola e colocou o Centro Executivo na roda.

         
“Todo ano tem este desafio e a gente nunca ganhou”, diz. Com o futebol que jogou contra os masters, a equipe da Coordenação tem tudo para quebrar outro tabu.

   

Gol da Coordenação. Nem o bom goleiro substituto, Ramon, conseguiu impedir a goleada.


Tripla felicidade para Diniz
03/10/2011 | 10h40

José Diniz e a esposa, Inês. “Me sinto orgulhoso pelo o que eles se tornaram e por tudo que representam para mim”, afirma Diniz, sobre os filhos.

 

O colega José Diniz Goulart Borges, gerente da Divisão de Almoxarifados (MTAA.DF), é um pai privilegiado. Seus três filhos parecem uma inesgotável fonte de orgulho: o trio passou em concorridos processos seletivos, de grandes empresas, e deram um belo impulso às incipientes e promissoras carreiras. Na família, agora há três crachás vermelhos e um verde – da Petrobras.
   
A entrada de Filipe (27), o primogênito, na faculdade de Engenharia Mecânica da Unioeste foi o começo das sucessivas vitórias da família Diniz. O ingresso na binacional foi o passo seguinte. Aprovado nos concursos da Itaipu e da Petrobras, Filipe seguiu os passos do pai e tornou-se empregado da usina, na Divisão de Manutenção Mecânica de Serviços Auxiliares (SMMA.DT).
    

Além de empregado da Itaipu, o colega Filipe é professor da Unioeste, onde leciona no curso de Engenharia Mecânica.

 

Foi lá que ele estagiou, entre 2005 a 2007. A experiência, segundo Filipe, foi determinante para o seu futuro. “O estágio na Itaipu fornece potencial e enriquece o conhecimento”, afirma. “O pessoal dá muito apoio, o que abre uma janela imensa. Se o aluno aproveitar, sai empregado em qualquer lugar”, ressalta.

  

Nós temos uma relação muito bonita, construída desde a primeira mamadeira”, fala Diniz, sobre a relação com os filhos. Na foto, ele ao lado de sua netinha e de Filipe.

 

Vinícius (24) seguiu os mesmos passos do irmão. Também fez Engenharia Mecânica na Unioeste e estágio na usina, dessa vez na Divisão de Engenharia de Manutenção Mecânica (SMIM.DT). Cumpriu tão bem seu papel que, ao se formar no ano passado, recebeu indicação do pessoal da Itaipu para trabalhar como engenheiro, em uma empresa na Itália. No final de 2010, fez concurso para Engenheiro de Equipamento Jr. na Petrobras e foi aprovado. Para atuar na estatal petrolífera, a maior empresa brasileira, mudou-se para a Bahia.

 

Assim como o irmão, Vinícius fez estágio na Itaipu e também passou no concurso da Petrobras. Hoje, está na estatal petrolífera.

 

Cláudia (22), a caçula, não quis saber de Engenharia. Optou pelo Direito, na Unioeste, e está no último ano do curso. Ela também mostra que a vocação para a vitória parece estar mesmo no sangue dos Diniz. Em abril de 2010, Cláudia foi aprovada no processo seletivo para auxiliar administrativo da Itaipu e hoje trabalha na Divisão de Serviços Gerais (SGSS.AD). Seu plano é chegar ainda mais longe – quem sabe com outro concurso, na sua área de formação. Alguém duvida?

       

“O Vinícius gosta muito de festa,  eram frequentes as reuniões de amigos em casa. Um dia notei que as festas diminuiram. Ele me disse precisava que estudar para ter um futuro bom e, desde então, foi só dedicação. Agora, está colhendo os frutos”, conta.

 

Sem bronca

 

A receita para os recorrentes êxitos em família passa longe de um possível rigor paternal. Diniz garante nunca ter precisado pegar no pé dos filhos para fazê-los estudar. A aptidão pelo aprendizado está nas veias. “Muitas vezes, acordava de madrugada, via a luz do quarto deles acessa e, às vezes, tinha que pedir para eles irem dormir e deixar os livros um pouco de lado”, diz o feliz patriarca. “Tenho muito orgulho dos meus filhos”, ressalta. Não é por menos.

   

Cláudia ao lado de Vinícius, no dia da formatura do irmão.

  

Claudinha, como Diniz se refere à caçula, também já mostrou que tem força de vontade.

     

"Eles (os filhos) são feras", diz o pai.