Reviver adverte sobre prejuízo do tabagismo também aos não-fumantes

Reviver adverte sobre prejuízo do tabagismo também aos não-fumantes

15h38 - 19/04/2017


Tabagismo passivo é terceira causa de morte evitável do mundo. Foto: Free Fotos.

No Mês da Saúde, o Reviver quer chamar a atenção para os problemas que o tabagismo trazem aos não-fumantes, além dos próprios tabagistas. O assunto é de extrema relevância: o tabagismo passivo é a terceira causa de morte evitável no mundo, atrás apenas do próprio tabagismo (1º lugar) e do alcoolismo (2º). Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O alerta consta em matéria publicada pela EBC que também aponta outro dado relevante. Duzentos mil trabalhadores morrem por ano em decorrência da exposição à fumaça do fumo em ambiente de trabalho, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Então lembre-se: nada de fumar em locais inadequados ou próximo das janelas dos escritórios!

Dois terços da fumaça gerada pela queima do cigarro são lançados no ambiente. Quem aspira fica exposto aos mesmos 4 mil compostos tóxicos consumidos diretamente pelo fumante. Portanto, reclamar da fumaça do cigarro em ambiente inadequado não é frescura. É questão de saúde pública.

Veja, abaixo, o texto preparado pelo Reviver.

Apesar do amplo conhecimento sobre os malefícios do tabagismo, o hábito pode ser constatado em diversos ambientes, seja no trabalho, em casa ou em locais públicos.  Além dos prejuízos à saúde do tabagista, a fumaça do cigarro também afeta os não-fumantes. O tabagismo passivo aumenta em 30% o risco para câncer de pulmão e 24% o risco para infarto.

Diante da amplitude dos impactos causados pelo tabagismo, as medidas prevencionistas e de caráter de promoção da saúde ganharam reforço na forma de legislação - Lei Estadual 16239/2009 e Lei Federal 2546/2011, regulamentada em 2014 sendo inclusive de divulgação obrigatória.

Na Itaipu Binacional, a DET/GB-GP/0057/2010 determina a “Proibição de fumar em lugares fechados, parcial ou totalmente, dentro das instalações e dos veículos da Entidade, em ambas as margens”.

Mesmo com mais de meio século de evidência inequívoca dos efeitos nocivos do tabaco sobre a saúde, hoje, um em cada quatro homens no mundo é um fumante diário.

O tabagismo está relacionado a mais de 50 doenças sendo responsável por 30% das mortes por câncer de boca, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença do coração, 85% das mortes por bronquite e enfisema, 25% das mortes por derrame cerebral. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), todo ano mais de cinco milhões de pessoas morrem no mundo por causa do cigarro.

Quer parar de fumar? O Reviver te ajuda!

O Reviver desenvolve um trabalho específico voltado aos fumantes que desejam parar de fumar. Nos últimos 25 anos, a taxa de fumantes diários tem sofrido redução. Em 2016, a média brasileira era de 10%. No mesmo ano, na Itaipu Binacional da margem esquerda, o número de pessoas que se declararam fumantes era de 6%.

Ter o desejo de parar de fumar e tomar a iniciativa buscando auxílio entre os familiares e amigos, ou mesmo com profissionais da área de saúde, são aspectos relevantes para o tabagista obter êxito nessa decisão.

Para participar da iniciativa, contate a equipe do programa nos ramais 6199 (Foz do Iguaçu) ou 4084 (Curitiba).

O JIE Publicou

Reviver dá dicas de pequenas mudanças que podem fazer grande diferença na sua vida

Versão para impressão


Erro | JIE - Jornal de Itaipu Eletrônico

Erro

Ocorreu um erro inesperado no site. Por favor tente novamente mais tarde.