Presidente da Fundação Banco do Brasil visita PTI

Presidente da Fundação Banco do Brasil visita PTI

08h26 - 05/12/2017

O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e a Fundação Banco do Brasil atuam juntos há aproximadamente oito meses em ações como capacitação de professores, aulas de programação e formação de jovens e adultos, que beneficiam centenas de iguaçuenses. Em visita ao PTI na quinta-feira (30), o presidente da Fundação Banco do Brasil, Asclepius Ramatiz Lopes Soares, afirmou que a intenção é, em 2018, ampliar essa parceria. 
 
O presidente da Fundação Banco do Brasil veio ao PTI acompanhado do diretor executivo de Desenvolvimento Social da Fundação, Rogério Bressan Biruel. Eles foram apresentados a algumas iniciativas do Parque, como o projeto de Inclusão Sócio Produtiva, o programa Vira Vida, as ações de Educação e Cultura e conheceram o Espaço do Barrageiros e a Estação Ciências. 
 
Soares destacou que, para a instituição, é muito importante ter a marca associada à marca do PTI. “Entendemos que o PTI tendo toda essa expertise e penetração desses projetos, esse conhecimento e esse trabalho, tanto na área científica como na área social, complementa muito o que a Fundação Banco do Brasil faz”, disse. Ele avaliou de forma positiva as ações que estão em andamento por meio da parceria. “Então, entendemos que essa parceria pode crescer cada vez mais”. 
 
Convênio
 
Em abril deste ano foi lançado o convênio entre o PTI e a Fundação Banco do Brasil, que tem como objetivo a reaplicação e o desenvolvimento de tecnologias sociais educacionais, voltadas à solução de problemas sociais, que sejam facilmente replicáveis e a baixo custo. 
 
Os projetos feitos em parceria envolvem o ensino de programação de software para jovens, a formação de jovens e adultos, a partir de técnicas de produção saudável e sustentável, e a capacitação de professores na metodologia do ensino por investigação. O convênio também atua na certificação de projetos que participam da Feira de Inovação das Ciências (Ficiências) como tecnologias sociais, permitindo a replicação dessas iniciativas. 

Fonte: PTI

Versão para impressão