Ouvidoria ganha sala em Curitiba para atender públicos interno e externo

Ouvidoria ganha sala em Curitiba para atender públicos interno e externo

14h51 - 12/03/2018


A ouvidora Erica Meirelles e o ouvidor substituto João Emílio de Mendonça, junto à nova sala da Ouvidoria, em Curitiba.

A Ouvidoria da Itaipu – Margem Esquerda inaugurou na última sexta-feira (9) sua nova sala em Curitiba. O local é destinado a atendimentos presenciais com o ouvidor substituto, João Emílio Correa da Silva de Mendonça.

Os atendimentos podem ser agendados diretamente por telefone, por meio dos ramais 5004 ou 4265, com Luciane Reis Otremba Figueiredo. Em Curitiba, a sala está localizada no andar térreo do edifício Parigot de Souza, próximo à Fibra.

“Os atendimentos pessoais em Curitiba vinham sendo realizados diretamente na sala do João Emílio (que também é assistente do diretor Jurídico), mas isso não era adequado”, explicou a ouvidora Erica Marta Gavetti Meirelles. “O ideal é que seja um local mais reservado e no térreo, para atender também ao público externo”, completou.


Érica: a Ouvidoria tem um caráter de segunda instância.

Apesar de os atendimentos pessoais representarem apenas 1% das manifestações encaminhadas à Ouvidoria, o número vem crescendo ano a ano. Em 2017, foram 290 manifestações.

“A Ouvidoria foi criada em 2009 com foco no atendimento ao público externo. A partir de 2012, quando começou a atender também ao público interno, as manifestações aumentaram bastante”, disse a ouvidora.

Aproximadamente 70% das manifestações encaminhadas à Ouvidoria são pedidos de informação. Outros 30% são denúncias ou reclamações. “Grande parte dos encaminhamentos dados pela Ouvidoria são orientações. Nesse sentido, a Ouvidoria funciona como uma segunda instância, atuando quando a situação não é resolvida diretamente pela área competente”, acrescentou Érica. 

À esquerda, a evolução das manifestações registradas pela Ouvidoria. A partir de 2012, quando o órgão passou a atender também ao público interno, os atendimentos aumentaram. 

 

 

 

 

 

 

Como falar com a Ouvidoria

A Ouvidoria da Itaipu possui as seguintes formas de contato:

- Sistema de Ouvidoria (SOU): via internet ou intranet. Consiste em um sistema de registro de manifestações através do qual o manifestante faz seu registro diretamente, recebendo um número de protocolo através do qual, com senha, poderá acompanhar o encaminhamento de sua manifestação. Se desejar o protocolo não exigirá identificação;

- E-mail corporativo: se preferir a manifestação poderá ser formalizada por escrito, através do e-mail ouvidoria@itaipu.gov.br;

- Telefone: o manifestante poderá efetuar sua manifestação por telefone (45-35205004 / 41-33214265), inclusive resguardando sua identificação, cujo relato será transcrito em formulário próprio por atendente de ouvidoria e registrado no SOU, com comunicação ao manifestante, se assim o desejar;

- Atendimento pessoal: realizados nas salas do Centro Executivo em Foz do Iguaçu e no térreo do Ed. Gov. Parigot de Souza e Curitiba que podem ser agendados através dos telefones 35205004 (Foz) e 33214265 (Curitiba);

- Carta: Av. Silvio Américo Sasdelli,800 85866900 – Foz do Iguaçu – PR.  

Para saber mais, clique aqui e consulte o sistema da Ouvidoria.

 

Versão para impressão