Os 2,5 bilhões de MWh chegaram antes: patamar foi atingido às 0h24 (Brasil)

Os 2,5 bilhões de MWh chegaram antes: patamar foi atingido às 0h24 (Brasil)

19h07 - 20/11/2017

Itaipu chegou aos 2,5 bilhões de megawatts-horas (MWh) de produção acumulada um pouco antes do previsto. A marca histórica foi atingida às 0h24 (Horário Brasileiro de Verão) desta terça-feira (21) e às 23h24 dessa segunda-feira (20) segundo o horário paraguaio (com uma hora a menos que o Brasil). A cerimônia que comemora o feito foi mantida para a quarta-feira (22), às 15h. Também são esperados ministros de Energia de países de língua portuguesa que estarão em Itaipu nesta semana para uma reunião de trabalho.

Com esta produção acumulada, seria possível iluminar o Brasil por 5 anos e 3 meses; o Paraguai por 176 anos; a Argentina por 19 anos; o Reino Unido por 7 anos e 2 meses; a região Sul do Brasil por 29,5 anos; e o Estado de São Paulo por 18 anos. Esta energia também seria suficiente para abastecer o mundo por 41 dias; a Europa por 9 meses e 6 dias; a Alemanha por 4 anos e 4 meses; a França por 5 anos e 1 mês; os Estados Unidos por 7 meses e 8 dias; e a China por 5 meses e 25 dias.

Em 2016, a Itaipu fechou o ano com o recorde mundial de 103 milhões de MWh e abasteceu 17% do consumo do Brasil e 76% do Paraguai. A hidrelétrica confere uma importante contribuição para a participação de fontes renováveis na matriz energética de ambos os países (no Brasil, as renováveis representam mais de 66% da geração elétrica e, no Paraguai, equivale a praticamente 100%).

O JIE Publicou

Itaipu atinge a marca de 2,5 bilhões de MWh acumulados, na próxima terça-feira (21)

 

Versão para impressão