Jovens do Projeto Velejar é Preciso conhecem nascente do Córrego Brasília

Jovens do Projeto Velejar é Preciso conhecem nascente do Córrego Brasília

18h08 - 10/08/2017


Os jovens visitaram uma das nascentes do córrego, na Vila C. Outras atividades de conscientização ambiental estão na programação.

Cerca de 50 atletas integrantes do Projeto Velejar é Preciso, que tem o apoio da Itaipu, participaram, na terça-feira (8), de uma aula especial sobre educação ambiental. A fim de colocar em prática as questões de sustentabilidade e cuidados com o mundo aprendidas em salas de aula, profissionais da Divisão de Educação Ambiental (MAPE.CD) conduziram os jovens uma visita ao Ecomuseu e ao Córrego Brasília, na Vila C.

Para o grupo, foi o primeiro encontro de uma série. Também estão previtas uma visita ao aterro sanitário de Foz e ao Refúgio Biológico Bela Vista e, ainda, uma palestra sobre primeiros socorros e cuidados com animais peçonhentos.

No Ecomuseu, os jovens puderam observar toda a extensão da Bacia Hidrográfica do Rio Paraná 3 (BP3). Em seguida, na região da Vila C Nova, eles desvendaram o Córrego Brasília, onde conheceram as ações que a Itaipu vem desenvolvendo na área, em parceria com a comunidade, para proteção e recuperação das nascentes do córrego.


No Ecomuseu, os atletas conheceram a maquete gigante que traz toda a Bacia do Paraná 3 e outras regiões da fronteira.

Segundo o coordenador do projeto, Enzo Maschio Figueiredo, da MAPE.CD, o encontro surgiu da necessidade de mostrar aos jovens a importância do reservatório onde eles treinam (as aulas do projeto acontecem no Iate Clube Lago de Itaipu - Icli). “É importante eles conhecerem da onde vem a água, o que a Itaipu faz para proteger as nascentes e entenderem que é do local que eles treinam que sai a água que abastece cerca de 70% de Foz do Iguaçu.”


Uma das nascentes do Córrego Brasília foi recuperada por Itaipu. Com a ajuda de moradores, os cuidados permanecem.

Confira mais fotos da visita

O JIE publicou

Meninos do Lago aprendem a conhecer e valorizar ambiente em que vivem

Versão para impressão