Itaipu renova o convênio de conservação de solo

Itaipu renova o convênio de conservação de solo

08h39 - 06/11/2017

Uma comitiva da Itaipu Binacional esteve em Toledo na última quarta-feira (1º) para avaliar o término do “Convênio de cooperação técnica e fi nanceira para o desenvolvimento do projeto de manejo conservacionista de água e solo, educação ambiental, apoio a piscicultura e monitoramento ambiental participativo”. Os técnicos da Binacional fizeram uma apresentação demonstrando o desempenho do município nos três anos de execução do convênio. Vereadores, secretários municipais, gestores da prefeitura, juntamente com o prefeito Lucio de Marchi e o vice Tita Furlan participaram das discussões. O Assessor Especial do Diretor de Coordenação da Itaipu, Sérgio Paulo de Oliveira, destacou Toledo como sendo modelo de Comitê Gestor. “É um dos melhores entre os 29 municípios da Bacia do Paraná 3. Na reunião que fi zemos com a Administra- ção, além da avaliar o término desse convênio, também serviu para planejar as ações a serem firmadas para o próximo. Não temos um teto de investimentos da Itaipu. Isso depende mais da capacidade do município em proporcionar as contrapartidas exigidas e também a competên cia de execução do projeto”, explicou Sérgio de Oliveira. Os valores fi rmados no último convênio foram de aproximadamente R$ 2 milhões, dos quais foram utilizados aproximadamente 70% para a execução das atividades propostas. Na pactuação incluía adequação de estradas e cascalhamento, conservação de solos, recuperação de nascentes, construção de cercas, uso de horas/máquinas para melhorias de acessos no meio rural e educação ambiental. O Gerente do Departamento de Interação Regional da Itaipu, José Carlos Santini, disse que Toledo tem uma boa participação nos projetos e entendeu fortemente a parceria. “Parceria boa é aquela que é boa para os dois lados. Viemos aqui para trabalhar a continuidade do programa, importante para a segurança hí- drica e para o desenvolvimento regional sustentável. Pensando no meio ambiente, no social, no tecnológico, no cultural e o econômico.”, avaliou. Sobre a nova parceria a ser fi rmada, Santini disse que existe um portfólio bastante amplo, tanto na piscicultura, sustentabilidade social, educação ambiental, gestão por bacia hidrográfi ca (recuperação de estradas rurais) e a coleta solidária com catadores. “Temos a chance de fazer um ótimo trabalho nos próximos três anos. Nós faremos um trabalho de continuidade ampliando o foco, principalmente na questão da segurança hídrica e na questão do desenvolvimento regional sustentável”, anunciou. No planejamento realizado durante toda a quarta-feira (01) os caminhos rurais estão sendo apoiados, a coleta solidária e o reuso da água com o uso de cisternas. Foi ampliada a participação da Itaipu tanto no percentual, como na quantidade de recursos para executar a ação. “Toledo é considerado um município polo com forte influência regional, portanto tem o apoio forte da Itaipu nos projetos que está pensando nessa linha”, garantiu Santini. Após a fase de seleção das ações a serem executadas nos próximos três anos, serão realizados os orçamentos. O passo seguinte é a pactuação entre Itaipu e o município de Toledo para as atividades a serem desenvolvidas.

Fonte: Gazeta do Paraná

Versão para impressão