Itaipu recebe grandes eventos na próxima semana

Itaipu recebe grandes eventos na próxima semana

10h14 - 13/11/2017


Ministros de Minas e Energia de países de língua portuguesa se reunirão em Itaipu.

A Itaipu será a anfitriã de três grandes eventos na próxima semana, entre os dias 21 e 22 de novembro (terça e quarta-feira). O primeiro deles é a 2ª Reunião de Ministros de Energia da CPLP, um encontro de ministros de Minas e Energia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. O segundo, a inauguração do novo Centro de Desenvolvimento do Programa Veículo Elétrico (VE), que deverá contar com a participação de várias autoridades, entre elas, a dos ministros que estarão no evento da CPLP. Para completar a semana, haverá ainda a confraternização dos empregados e empregadas nesta quinta-feira (23).

Entre uma agenda e outra haverá um ato protocolar para registrar a marca dos 2,5 bilhões de MWh de energia acumulada produzida pela Itaipu desde o início da operação da usina.

Estão confirmadas as presenças do Ministério de Minas e Energia, Fernando Coelho, e do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior.

Saiba mais sobre cada um dos eventos.

Agenda 2030


Brasil preside CPLP, na atualidade, e Itaipu será anfitriã de evento da comunidade.

Reunião de ministros

A 2ª Reunião de Ministros de Energia da CPLP acontecerá nos dias 21 e 22 de novembro e promoverá o encontro de representantes ministeriais de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Portugal, Timor-Leste e Guiné Equatorial. Haverá atividades no Edifício da Produção, Auditório César Lattes, jantar no Bourbon e visita técnica à usina.

Espera-se como resultado das reuniões de trabalho a aprovação do Plano Estratégico de Cooperação em Energia e a identificação, pelos Ministros de Energia dos Estados membros da CPLP, dos pontos prioritários de cooperação energética.

Novidade no Programa VE


Novo Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica Sustentável (CI-MES) será inaugurado na próxima semana.

A inauguração do Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica Sustentável (CI-MES) será no dia 22 de novembro, às 16h30. O evento é voltado a um público de 200 pessoas. Entre os convidados estarão presentes o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, e os demais ministros da pasta de países de língua portuguesa, além do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, e de parceiros do programa.

O centro qualificará ainda mais a infraestrutura dedicada às iniciativas desenvolvidas pela Itaipu no campo da mobilidade elétrica sustentável. A inauguração do novo espaço atende às diretrizes institucionais de contribuir para o desenvolvimento e a sustentabilidade do Brasil e do Paraguai. No local estará exposta parte da frota de VE, do ônibus ao avião.


Protótipo de avião elétrico desenvolvido pela ACS com parceria de Itaipu.

O Programa Veículo Elétrico (VE) começou em Itaipu em 2006. Nesses 11 anos, já registrou vários avanços. Dentro das dependências da empresa, foram montados 140 veículos em conjunto com a Renault, Fiat e outros parceiros. Parte foi entregue em regime de comodato a entidades como Copel, Eletrobras, Exército, ONU Mulher, Universidade Federal de Santa Catarina e Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop).

Na sua própria frota, Itaipu mantém 100 veículos elétricos, de carros de passeio a miniônibus. Ainda neste ano, a binacional deve receber mais 20 unidades do Zoe, segunda geração, com bateria Z.E. 40. Esse novo modelo tem o dobro de autonomia, com capacidade para rodar 400 km sem recarga.

2,5 bilhões de MWh

Identidade visual da campanha "Essa energia é toda nossa", que celebra os 2,5 bilhões de MWh.

No dia 22, às 15h, a Itaipu deverá atingir a marca dos 2,5 bilhões de MWh de energia acumulada. Para marcar a ocasião, será feito um ato binacional protocolar voltado especialmente para os colaboradores da Diretora Técnica de Itaipu, com a participação de toda a diretoria da empresa, de ambas as margens. Haverá descerramento de uma placa. Também será servido um coquetel aos convidados.

A marca se soma a tantas outras importantes já atingidas pela usina. A contagem começou em maio de 1984, quando Itaipu iniciou o fornecimento de energia. Foram 33 anos e cinco meses de operação para atingir este patamar sem paralelo no mundo, resultado do esforço conjunto de brasileiros e paraguaios. A produção seria suficiente para atender ao consumo de energia elétrica de todo o planeta por 40 dias.

Versão para impressão