Itaipu lamenta morte de proprietário da Granja Haacke

Itaipu lamenta morte de proprietário da Granja Haacke

14h09 - 12/03/2018


O visionário produtor morreu nesta segunda-feira (12). A Itaipu lamenta o ocorrido e presta condolências aos familiares.

A Itaipu Binacional lamenta a morte de Nilson Haacke, proprietário da Granja Haacke de Santa Helena, sede do projeto Mobilidade a Biometano, desenvolvido pelo Centro Internacional de Energias Renováveis–Biogás (CIBiogás), em parceria com a Itaipu Binacional e Fundação PTI e Scania do Brasil. O biocombustível produzido pela granja abastece a frota movida a biometano da Itaipu.

Segundo o CIBiogás, Haacke era um homem com visão de futuro e foi o primeiro produtor do país a produzir o biocombustível para a autonomia energética da propriedade rural. Ele - que também era um dos maiores produtores de ovos de galinha da região - morreu às 2h50, aos 56 anos de idade, em decorrência de um câncer na cabeça.

O corpo está sendo velado na Capela Mortuária de Moreninha, distrito de Santa Helena. O enterro será após uma celebração religiosa, marcada para às 16h30.

Versão para impressão