Itaipu apresenta trabalho sobre métricas de gênero em evento da ONU

Itaipu apresenta trabalho sobre métricas de gênero em evento da ONU

16h02 - 16/03/2017

Heloisa Covolan (segunda da esquerda para direita) participou do lançamento Ferramenta de Análise de Lacunas em gênero.

O trabalho de Itaipu na área de métricas de gênero foi apresentado nesta quarta-feira (15), em Nova York (EUA), pela assessora de Responsabilidade Social da Itaipu (RS.GB), Heloisa Covolan, em evento paralelo ao Fórum dos Princípios de Empoderamento das Mulheres 2017 (2017 Women’s Empowerment Principles Forum), promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A palestra de Heloisa foi durante o lançamento da Ferramenta de Análise de Lacunas em gênero, desenvolvida pelo Pacto Global da ONU, ONU Mulheres e parceiros, com a participação de Itaipu. Essa plataforma, gratuita, poderá ajudar empresas a mensurar seu desempenho na promoção da equidade de gênero.

“Em Itaipu, acreditamos que um dos elementos-chave para uma boa gestão é ter à mão dados acessíveis, atualizados regularmente e confiáveis, permitindo rastreabilidade e comparabilidade”, afirmou.

Heloisa também falou sobre o programa de gênero de Itaipu e os desafios de enfrentar o assunto em uma empresa de engenharia, em que a maioria dos empregados é formada por homens – 80% do quadro.

Segundo ela, a medição dos dados é feita por várias ferramentas, especialmente as diretrizes da Global Reporting Initiative. “Estes dados permitiram estabelecer metas e alguns resultados positivos. A Itaipu quase duplicou o número de mulheres ocupando cargos de gerência, de 10% para 22% do pessoal nos últimos anos”, relatou.

Heloisa acrescentou que, em 2013, Itaipu criou um quadro de autoavaliação de desempenho em gênero, de acordo com os princípios do WEP. Esse conjunto de indicadores foi tornado público para as empresas brasileiras. Outra iniciativa foi a criação do Prêmio WEPs Brasil.

“Itaipu tomou esta iniciativa depois de receber os Prêmios de Liderança do WEP, como forma de ajudar mais empresas a promover a igualdade de gênero em suas redes de relacionamento interno e externo. A edição do terceiro prêmio acontecerá no próximo ano”, antecipou.

Heloisa Covolan e Mônica de Sousa, filha do cartunista Maurício de Sousa - e que inspirou a principal personagem do pai.

Versão para impressão


Erro | JIE - Jornal de Itaipu Eletrônico

Erro

Ocorreu um erro inesperado no site. Por favor tente novamente mais tarde.