Iluminação da Barragem fica azul para lembrar os cuidados com a saúde do homem

Iluminação da Barragem fica azul para lembrar os cuidados com a saúde do homem

11h34 - 03/11/2017


Esta será a quarta vez que a usina terá a coloração azulada.

A partir desta sexta-feira (3) e até o final do mês, os 747 refletores e 112 luminárias do show da Iluminação da Barragem de Itaipu refletirão a cor da campanha Novembro Azul, mês dedicado em todo o mundo às ações de conscientização relacionadas ao câncer de próstata.

A adesão oferece aos turistas que visitam a hidrelétrica a oportunidade de refletirem sobre a campanha, lembrada neste mês na iluminação de outros monumentos do País, como o Congresso Nacional, o Itamaraty e o Palácio do Planalto.

No Brasil, é registrada uma morte por câncer de próstata a cada 36 minutos. A Sociedade Brasileira de Urologia vincula a alta taxa de mortalidade ao estágio em que a doença é diagnosticada - 20% dos pacientes descobrem o problema já na fase avançada.

O preconceito em relação ao exame de toque, fundamental para a descoberta deste tipo de câncer, é a causa desses números, segundo  Geraldo Faria, coordenador da campanha Novembro Azul no país, da ONG Instituto Lado a Lado pela Vida (em entrevista à Agência Brasil).

Itaipu azul

Esta é a quarta vez que a usina será iluminada com esta cor: a primeira foi em 2016, por ocasião do engajamento de Itaipu ao Novembro Azul. Neste ano, a barragem também foi “tingida” pela coloração em 30 de julho, para lembrar o Dia Mundial Contra o Tráfico de Pessoas – o Coração Azul, e em agosto, para a campanha estadual Agosto Azul, também em menção aos cuidados com a saúde do homem.  

Até a última semana, a Iluminação da Barragem lembrava o Outubro Rosa, em alusão às iniciativas de prevenção e combate ao câncer de mama.

Como visitar a usina à noite

O passeio com a Iluminação da Barragem tem duração de 1h30 e ocorre às sextas-feiras e sábados. A saída é às 21h (durante o Horário Brasileiro de Verão).

Os ingressos custam R$ 18, mas a entrada é gratuita para crianças de 0 a 6 anos, pessoas com deficiência e pessoas da comunidade lindeira ao lago de Itaipu. Nestes casos, é preciso apresentar documento com foto e comprovante de residência.  Mais informações podem ser obtidas por meio do site: www.turismoitaipu.com.br.

Saúde do homem

A enquete do JIE em vigência tem como foco a saúde do homem. Quando perguntados com que frequência fazem visitas de rotina ao médico, 45% dos participantes responderam que comparecem ao atendimento clínico “sempre que possível”.  

A pesquisa informal revelou um dado preocupante: 50% dos participantes disseram ir ao médico raramente, somente quando se sentem mal, enquanto outros 5% afirmam nunca procurar um profissional de saúde, situações que colocam em risco a vida dos homens.

Versão para impressão