Gramadão terá Feira de Agroecologia permanente nas noites de sexta

Gramadão terá Feira de Agroecologia permanente nas noites de sexta

08h42 - 27/02/2018

Edição experimental da feira, em dezembro, foi aprovada pelos consumidores. Fotos: Ronaldo Pavlak

A partir desta sexta-feira (2), os consumidores de alimentos saudáveis e livres de agrotóxicos terão mais uma opção para comprar as frutas e verduras em Foz do Iguaçu. Nesta data, o Gramadão da Itaipu, na Vila A, passa a receber semanalmente a Feira de Agroecologia, toda sexta-feira, sempre após as 18h. A iniciativa tem a participação da Itaipu Binacional, por meio do suporte prestado pela Divisão de Ação Ambiental (MAPA.CD) e do apoio da Divisão de Relações Públicas (CSRP.GB).

A ideia foi testada em dezembro do ano passado, com uma feira experimental. Agora, o objetivo é que o evento se torne fixo e periódico. Toda semana, pelo menos 20 produtores de Foz do Iguaçu e também de municípios da região, como Ramilândia e São Miguel do Iguaçu, estarão no Gramadão para oferecer alimentos de boa qualidade aos consumidores.

“Vamos trabalhar sempre com os produtos da época, respeitando a sazonalidade dos cultivos”, explica o engenheiro agrônomo Ronaldo Pavlak, do Programa Desenvolvimento Rural Sustentável da Itaipu. “Nesta época, por exemplo, é mais difícil achar alface, mas o consumidor terá a opção da couve”.


Itens serão vendidos conforme a sazonalidade do plantio. Desta forma, população também poderá aproveitar  melhor os produtos da época.

Uma novidade da feira é a comercialização das Plantas Alimentares Não Convencionais (PANCs), que foram destaque da Itaipu na Vitrine Tecnológica em Agroecologia, no Show Rural Coopavel. “Queremos aproveitar a feira para divulgar as PANCs e outras culturas orgânicas”, resume Pavlak.

A Feira de Agroecologia é realizada pela Itaipu em conjunto com a Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA), a Prefeitura de Foz do Iguaçu e Secretaria Municipal de Agricultura, além de Fundação Cultural, Grupo dos Agricultores de Foz do Iguaçu (Econiguaçu), Rede Ecovida de Agroecologia e Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).


Feira começa às 18h, no Gramadão. Confira!

Versão para impressão