Evelyn encerra estágio na Itaipu com nota máxima em projeto

Evelyn encerra estágio na Itaipu com nota máxima em projeto

13h43 - 19/12/2017


Evelyn mostra na tela do computador o sistema de gerenciamento de tarefas desenvolvimento para a Secretaria do Conselho.

A estagiária da Secretaria do Conselho de Administração (SC.BR), Evelyn Caio Garcia, despediu-se na última sexta-feira (15) dos colegas da Itaipu, mas deixou sua marca na empresa.

Formanda em Secretariado Executivo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), ela apresentou como projeto de conclusão de curso uma iniciativa que implantou na SC.BR, no escritório da Itaipu em Curitiba.

O projeto abordou a implantação de um método para o monitoramento de tarefas, inspirado no Kanban, sistema originalmente criado pela Toyota, no Japão, e posteriormente adaptado para o monitoramento de tarefas. 


Na despedida de Evelyn, troca de presentes com os colegas Adolfo e Edith.

“O resultado foi a melhoria na organização, planejamento e coordenação entre os colegas da área”, afirma a superintendente Edith Souza Silva, da SC.BR, que deu o aval para a implantação do sistema. 

O trabalho também contou com o apoio do supervisor de estágio, Adolfo Nadu Rosa, que ajudou no desenvolvimento do projeto, com conhecimento sobre softwares disponíveis na Itaipu, informações na área secretarial e no desenvolvimento do relatório; e da Superintendência de Informática, em especial Marcos Siríaco, que transmitiu a experiência da Itaipu com software livre. 

“A experiência vivida na Itaipu foi fundamental para o desenvolvimento do projeto e para a vida profissional”, afirmou Evelyn, que apresentou o trabalho no último mês de novembro, juntamente com a colega de curso Cristiane Muniz. 


Da esq. para a dir.: Marcos José Valle, Cristiane Muniz, Evelyn Caio Garcia, Fernanda Landolfi Maia e Vanderleia Stece.

A banca avaliadora contou com os seguintes profissionais: Fernanda Landolfi Maia (professora orientadora), Marcos José Valle (Professor de economia, metodologia e coordenador da pós-graduação lato sensu na UniBrasil) e Vanderleia Stece ( professora e coordenadora dos cursos presenciais e a distância de Secretariado na Uninter).

O projeto foi aprovado com a nota máxima e recebeu elogios dos avaliadores sobre a escolha do método por sua complexidade e aplicação.

Versão para impressão