Ecomuseu recebe Prêmio Mario Bhering de Preservação de Memória

Ecomuseu recebe Prêmio Mario Bhering de Preservação de Memória

11h27 - 10/10/2017

Silvana Vitorassi recebe o prêmio das mãos do presidente do Centro de Memória da Eletricidade. Fotos: Marcus Almeida/Agência Somafoto

A poucos dias de completar seu 30º aniversário, o Ecomuseu da Itaipu recebeu o Prêmio Mario Bhering de Preservação de Memória, no dia 28 de setembro, durante o terceiro Encontro Nacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica - Preserva.ME 2017. A gerente da Divisão de Ação Ambiental de Itaipu, Silvana Vitorassi, recebeu a premiação representando o diretor-geral brasileiro da empresa, Luiz Fernando Leone Vianna. 

O prêmio foi outorgado ao Ecomuseu como reconhecimento pelo desenvolvimento, de forma permanente, de um trabalho que serviu de inspiração para várias outras instituições e, também, por conduzir projetos desafiantes, vencendo dificuldades e resistências presentes no setor elétrico de nosso país. 

O Prêmio Mario Bhering de Preservação de Memória é destinado a empresas que mantêm boas práticas na preservação de memória no setor elétrico brasileiro. A iniciativa leva o nome do fundador do Centro da Memória da Eletricidade, e primeiro presidente da Eletrobras.

Prêmio foi entregue durante a 3ª edição do Preserva.ME.

Além da Itaipu, foram premiados o Grupo CEEE, pelos 40 anos do Museu da Eletricidade; e a Light, pelas múltiplas iniciativas de preservação histórica e educação. Também foram homenageados os primeiros doadores, César Rabelo Cotrim e Léo do Amaral Penna.

O presidente do Centro da Memória da Eletricidade no Brasil, Augusto Rodrigues, ressaltou a importância do Prêmio. "Reconhecer iniciativas de preservação de empresas do setor elétrico, que não só realizaram, mas também inspiraram outras instituições a trilhar este caminho, é fundamental para manter e multiplicar essas práticas. Por isso, entendemos que criar o Prêmio Mario Bhering é um estímulo e uma necessidade neste momento", avaliou.

Preserva.ME

A colega Tamiris Amancio ministrou uma das palestras do evento. 

A terceira edição do Encontro Nacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica - Preserva.ME foi realizada nos dias 27 e 28 de setembro, no Centro Cultural Light, no Rio. No segundo dia do evento, a museóloga Tamiris Amancio (MAPE.CD) apresentou a palestra “Ecomuseu de Itaipu: 30 anos de histórias e memórias em construção”. Foi uma retrospectiva das atividades empreendidas pelo museu nestes 30 anos, desenvolvendo a memória e a cultura da região de influência da Itaipu.

O Ecomuseu completa 30 anos no próximo dia 16. Várias atividades estão programadas para celebrar as três décadas de funcionamento do espaço.

O JIE Publicou

Nos 30 anos do Ecomuseu, três presentes para a comunidade

Versão para impressão