Desperte seu lado voluntário e inscreva sua ideia no Banco de Projetos 2018

Desperte seu lado voluntário e inscreva sua ideia no Banco de Projetos 2018

16h40 - 12/06/2018


A Sociedade Filantrópica Semear, de Medianeira, foi uma das 58 instituições beneficiadas pelo Banco de Projetos desde a primeira edição.

Empregados e empregadas que atuam ou desejam apoiar instituições sociais como voluntários podem inscrever, a partir desta quarta-feira (13), ideias que visem proporcionar melhoria da qualidade de vida de pessoas ou comunidades atendidas por essas organizações. A 13ª edição do Banco de Projetos do Programa Força Voluntária destinará recursos financeiros para que ações elaboradas por voluntários sejam implementadas. O prazo é até 13 de julho.

Para participar, é necessário formar uma equipe de no mínimo três integrantes – com ao menos um crachá-vermelho, os demais podem ser estagiários(as), jovens do Programa de Iniciação e Incentivo ao Trabalho (PIIT) ou assistidos(as). A proposta de projeto deve atender uma associação que o grupo conheça e confie.

A instituição beneficiada deve ser de Foz do Iguaçu, Curitiba ou região metropolitana ou de um dos municípios que compõem a Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (BP3). O regulamento, formulário de inscrição e demais documentos que auxiliam na elaboração da proposta estão disponíveis no portal do Força Voluntária na Intranet.


Se o projeto for aprovado, a equipe terá um período de seis meses para a execução.

Após a etapa de inscrição, os projetos seguirão para análise e escolha, pela comissão avaliadora. Para que seja contemplada, a ideia deve atender a uma série de requisitos, como estar alinhada com a proposta do programa, ser legítima junto à comunidade, demostrar viabilidade e impacto social, além de cumprir com um dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Ainda é necessário que o projeto sugerido se enquadre em um ou mais eixos sociais – saúde, educação, cultura, esporte, direitos humanos e assistência social, e tenha um custo máximo de R$ 30 mil, com uso de até 40% deste valor para investimentos em equipamentos e estrutura. Há uma linha de corte e o número de instituições apoiadas será definido de acordo com o orçamento do Banco de Projetos e os valores dos projetos submetidos. 

Desde a primeira edição do Banco de Projetos, em 2006, mais de 42 mil pessoas, de 58 instituições, foram beneficiadas. Ao todo, 179 ações foram inscritas, das quais 96 foram aprovadas. Em caso de dúvidas, você pode entrar em contato com a coordenadora do Força, Lilian Paparella, no ramal 4316 ou no e-mail lilianp@itaipu.gov.br.

Oficinas


Oficinas, em Foz e Curitiba, vão auxiliar os colegas que desejam inscrever um projeto. As datas ainda estão em definição.

Como forma de auxiliar nas chances de aprovação do projeto, oficinas preparatórias auxiliarão as equipes na elaboração da proposta, de acordo com as regras do concurso. Elas acontecerão em Foz e Curitiba, em datas ainda a serem definas pela coordenação do Força. 

Prazos

Os projetos contemplados devem ser conhecidos na primeira semana de setembro. O líder de cada equipe selecionada terá até o dia 14 do mesmo mês para assinar o termo de compromisso. A partir daí, o grupo terá 180 dias para execução do trabalho. Confira o cronograma aqui.

Versão para impressão