Curso ensina a interpretar influência dos astros na produção rural

Curso ensina a interpretar influência dos astros na produção rural

08h02 - 21/02/2018

Fonte: O Farol

Um grupo de produtores rurais do município de Céu Azul participou de um treinamento para a interpretação do calendário biodinâmico e sua aplicação, que consiste em observar, principalmente as fases da lua e sua influência em diferentes culturas e no comportamento dos animais. Foram 04h de treinamento com a abordagem a diversos aspectos.

A oficina foi realizada por intermédio de parceria da Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore) com a Itaipu Binacional e apoio da Administração Municipal por intermédio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Céu Azul e Sindicato Patronal.

De acordo com a técnica da Biolabore, Daniela Cristiane Zigiotto, que realizou o treinamento juntamente com o técnico agropecuário, Darí Vargas, o calendário é distribuído pela Itaipu e, para proporcionar resultados mais satisfatórios precisa ser interpretado com o máximo de assertividade.

Conforme com a pesquisadora alemã Maria Thun, criadora do calendário biodinâmico, apesar de originarem-se das mesmas sementes e serem submetidas ao mesmo manejo do solo, as plantas apresentavam diferenças morfológicas e fisiológicas de acordo com a sua época de plantio.

As sementes são capazes de receber as influências da movimentação planetária e, por este motivo deve-se cultivar e semear durante os períodos de constelação favorável. Estes tempos são representados no Calendário Biodinâmico, com base nos sinais da terra, água, luz e fogo.

A técnica da Biolabore, Daniela Zigiotto, explica que o objetivo é atingir melhores resultados em produtividade com base nas diferentes interpretações que podem ser feitas para cada cultura.

Versão para impressão