Cuidado para não se molhar: Defesa Civil do Paraná faz alerta para chuva ácida

Cuidado para não se molhar: Defesa Civil do Paraná faz alerta para chuva ácida

19h38 - 26/09/2017

Não esqueça o guarda-chuva ao sair de casa: a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil emitiu nesta terça-feira (26) um alerta sobre a possibilidade de chuva ácida para os próximos dias no Paraná. A orientação do órgão é para que banhos de chuva sejam evitados neste período.

Em Curitiba e Foz do Iguaçu, há previsão de pancadas de chuva a partir de quinta-feira (28), segundo o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe).

"As águas dessa época possuem uma maior incidência de dióxido de carbono (CO2) e em contato com ela pode ocasionar irritação na pele, pincipalmente em crianças, que possuem uma sensibilidade maior", informa o comunicado divulgado pela Defesa Civil.

Segundo o órgão, as precauções são necessárias devido à formação de substâncias químicas que dão acidez à água da chuva após um período de seca.

Entenda a formação da chuva ácida

O fenômeno é causado por poluentes emitidos durante incêndios, na queima de combustíveis nos veículos ou pelas chaminés de indústrias. Substâncias como gás carbônico, monóxido de carbono, partículas de nitrogênio e enxofre liberadas pelo fogo e pela fumaça são lançadas na atmosfera e, por causa do tempo seco, os gases se acumulam. Misturados ao vapor de água, voltam para a terra em forma de chuva, a chamada chuva ácida.

Fonte: Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil

Versão para impressão