Com 33º Pine, Itaipu atinge 75% de renovação do quadro de empregados

Com 33º Pine, Itaipu atinge 75% de renovação do quadro de empregados

11h14 - 11/07/2018

Os 21 colegas que participam do 33º Programa de Integração do Novo Empregado (Pine), ao longo desta semana, fazem parte de uma maioria crescente na empresa: até agora, 1.030 empregados passaram pelo programa, uma renovação de 75%, ou três quartos, do quadro funcional.

Os novos empregados da Itaipu se distribuem por quase todas as diretorias: são 6 da DA, 5 da DF, 5 da DG, 4 da DT e 1 da DJ. 

Na manhã desta quarta-feira (11), os pineiros participaram de um café da manhã, no Treinamento, e receberam as boas-vindas do diretor-geral brasileiro, Marcos Stamm, por videoconferência de Curitiba. “A cada Pine, vivemos uma nova fase. Vocês representam mais energia, mais força para Itaipu”, disse Stamm.

O DGB deu as boas-vindas por videoconferência de Curitiba.

No Auditório Integração, os diretores Mauro Corbellini (técnico executivo) e Mario Cecato (financeiro executivo) falaram aos novos empregados sobre os futuros desafios pelos quais Itaipu vai passar nos próximos anos, como a modernização tecnológica da usina e a revisão do Anexo C, a partir de 2023.

Nesta ano, os novos empregados são acompanhados por mentores, o pessoal com mais tempo na empresa que ajuda a integrar o colega.

Após o café da manhã, os participantes do Pine passarão por uma série de palestras que dão um panorama geral de toda a empresa. A programação, que vai até sexta-feira (13), inclui uma visita técnica à Itaipu.

Filho de Foz

O Thiago Rhode fez o processo seletivo para Engenharia Elétrica em 2015. Foi admitido agora e vai trabalhar na Assessoria de Energias Renováveis (ER.GB). Até a convocação, ele trabalhou em Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Rio de Janeiro e em Goiás e dava aula sobre eficiência energética para o curso de Engenharia Elétrica na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), campus de Medianeira.

O engenheiro Thiago Rhode vai atuar na área de energias renováveis.

“É uma grande realização profissional estar aqui”, conta. “A gente que é de Foz do Iguaçu tem uma relação muito grande com Itaipu, desde a época das visitas ao Ecomuseu ainda no primário. Poder trabalhar na empresa significa muito para mim”.

Mudança de vida

A admissão na Itaipu representou uma mudança total na vida da colega Jaqueline Santos Maciel, da Divisão de Contabilidade Geral (OCCG.DF). Ela e o marido viajaram os mais de 13 mil km entre Sidney, na Austrália, para voltar a Foz do Iguaçu, de onde saiu há dois anos. Jaqueline também fez o processo seletivo em 2015 e, como não passou nas primeiras chamadas, resolveu realizar o sonho de morar fora do País com o marido.

Jaqueline é a mais nova integrante do time da Contabilidade.

“Na época, as pessoas me chamaram de louca, porque eu pedi exoneração de outro concurso, da Receita Federal. Mas a gente sabia que era a nossa única opção para morar fora e eu sempre tinha a possibilidade de ser chamada pela Itaipu”, conta Jaqueline.

Jaqueline mudou de País, de trabalho e vai construir família: o filho nasce em dezembro.

Nos dois anos em Sidney, ela começou um mestrado em Contabilidade e trabalhou na área contábil de uma empresa particular. O visto de estudante iria vencer no final de 2018 e o destino quis que ela retornasse para a casa antes disso.

“Conversei com meu marido e optamos por voltar ao Brasil e construir uma família”, diz. Em Foz, o destino deu mais uma forcinha ao casal: eles mal chegaram à cidade e descobriram estar grávidos. O filho deve nascer no início de dezembro.

Versão para impressão


Erro | JIE - Jornal de Itaipu Eletrônico

Erro

Ocorreu um erro inesperado no site. Por favor tente novamente mais tarde.