Colega da Itaipu é um dos palestrantes de evento inédito de divulgação científica

Colega da Itaipu é um dos palestrantes de evento inédito de divulgação científica

08h47 - 10/05/2018

Evento será de 14 a 16 de maio, em seis bares de Foz do Iguaçu (dois por dia).

O fato de ainda lembrar o número particular no ICQ não faz do colega Jacson Querubin, da Divisão de Suporte Técnico (SIPS.GG), um “dinossauro digital”. Atento às novidades do mundo da tecnologia, ele se interessou, nos últimos tempos, pelas criptomoedas. O tema vai nortear sua palestra em um evento inusitado de divulgação científica, que começa na próxima semana.

O Pint of Science acontece simultaneamente em 21 países e em 56 cidades brasileiras, entra elas, Foz do Iguaçu. Por três dias (14, 15 e 16 de maio), pesquisadores do mundo todo levam uma variedade de temas científicos das universidades até os bares da cidade. Em Foz serão seis bares, dois por dia, sempre depois das 19h30, com bate-papos descontraídos sobre o mundo da ciência. Entre os temas, as tais criptomoedas. 

O colega Jacson Querubin, durante palestra sobre fotografia no Ecomuseu, em outubro de 2016.

“O interesse pelas criptomoedas veio naturalmente, já que toda segurança da informação se baseia em criptografia”, explica Querubin, que é mestrando em Ciência da Computação na área de segurança em internet das coisas. Sua palestra falará sobre a tecnologia por traz do blockchain, sistema que faz a contabilidade do comércio das criptomoedas, além de trazer curiosidades sobre o assunto.

Com o nome provocativo “Blockchain para baixinhos, volume 1”, Querubin compartilha o palco com Rodrigo Cantu de Souza, professor de Economia da Unila, no Hell’s Dogs Motorcycle Bar, na terça-feira (15). A fala dará uma visão geral de como se constrói uma cadeia de blocos criptografados, que garantem a ordem das transações. “O objetivo é entender como se minera este trem que não dá no chão”, brinca o colega.

Pint of Sciene Foz

Considerado um dos grandes eventos mundiais de divulgação científica, o Pint of Science foi criado em 2012, na Inglaterra e chega pela primeira vez a Foz do Iguaçu. “Eu acompanhava pela internet e adorei, estava ansioso para participar. No final do ano passado entrei em contato com a organização e vi que o evento já estava previsto para Foz do Iguaçu”, lembra o colega.

Quem criou o Pint Foz foi o professor Francisney Nascimento, do curso de Medicina da Unila. A organização, aliás, está por conta de professores, alunos e profissionais da comunicação da universidade. Pela Itaipu, além do palestrante Jacson Querubim, participa o jornalista Murilo Alves Pereira (CSIM.GB), na assessoria de comunicação. O patrocínio é do Parque das Aves. As informações estão em: http://pintofscience.com.br/events/fozdoiguacu

Programação

SEGUNDA-FEIRA (14)
Tema: Filosofia da Ciência.
Local: Guns ‘n Beer Pub (Avenida Paraná, 960).
Palestrantes: Fábio Plut Fernandes e Márcio de Sousa Góes.
Resumo: Serão abordados os bastidores da pesquisa científica, como se relacionam os grupos de pesquisa. Também serão detalhadas as áreas de eletroquímica e ciências dos materiais, importantes para novas tecnologias em desenvolvimento.

Tema: Mídias sociais e fake News.
Local: King’s Pub (Rua Bartolomeu de Gusmão, 1093).
Palestrantes: Ramon Fernandes Lourenço e Lucas Nathan de Oliveira.
Resumo: Quais são as complexidades e implicações de atos aparentemente tão simples, como logar numa rede social e compartilhar informações ou receber informações e “notícias” através destas redes? Será feita uma reflexão sobre o quanto conseguimos manter nossa privacidade ao utilizar essas plataformas.

TERÇA-FEIRA (15)
Tema: Reflexos da evolução na saúde.
Local: Django Hamburgueria & Streakhouse (Avenida Sílvio Américo Sasdelli, 1966).
Palestrantes: Gleisson Alisson Pereira de Brito e Roberto Almeida e Joaquim Buchain.
Resumo: A saúde humana será analisada desde uma perspectiva da biologia evolutiva. Por que a evolução não eliminou certas doenças como diabetes e obesidade? Também serão comentados o estilo de vida integrativo S3 (sustentável, sistêmico e salutogênico) e como a arqueologia pode explicar a evolução humana.

Tema: Blockchain e as Criptomoedas.
Local: Hell’s Dogs Motorcycle Bar (Avenida Paraná, 3555).
Palestrantes: Jacson Querubin e Rodrigo Cantu de Souza.
Resumo: Será explicado como funciona a tecnologia que permitiu a criação das criptomoedas, sendo o BitCoin a mais conhecida. Estamos, realmente, diante de uma nova utopia monetária?

QUARTA-FEIRA (16)
Tema: Cannabis e Ayahuasca vêm aí.
Local: Rock Falls Tap House (Rua Almirante Barroso, 993).
Palestrantes: Francisney do Nascimento, Elton Gomes da Silva e Fabiana Aidar Fermino.
Resumo: Os pesquisadores vão tocar na polêmica a respeito do uso dessas plantas na medicina, desde a proibição do cultivo da maconha para fins medicinais, passando por seus usos clínicos até o debate sobre o ayahuasca, utilizado em rituais religiosos e também com diversas aplicações científicas.

Tema: Ciência da Cerveja
Local: Mestre Cervejeiro.com (Rua Tarobá, 577).
Palestrantes: Pablo Henrique Nunes e Kelvinson Fernandes Viana.
Resumo: serão compartilhados conhecimentos, metodologias e técnicas sobre a produção da cerveja. O papel de cada ingrediente, o processo fermentativo, o uso do malte, a temperatura apropriada e curiosidades sobre a ciência por trás do aroma, o sabor e o corpo da cerveja.

Versão para impressão