Capacitação mostra na prática como definir e planejar projetos

Capacitação mostra na prática como definir e planejar projetos

10h58 - 14/11/2017


Domos concluídos: prova do sucesso do treinamento.

A construção de domos geodésicos, também chamados de cúpulas, com pelo menos dois metros de altura em papel craft, foi o desafio final para os 120 participantes da capacitação em Gerenciamento de Projetos. O curso, desenvolvido ao longo de 2017, teve o último encontro na última quarta e quinta-feira (8 e 9), no Auditório Integração. A iniciativa é da Assessoria de Planejamento Empresarial (PE.GB) com o apoio da Superintendência de Recursos Humanos (RH.AD).

Na última etapa do curso (a primeira foi entre abril e novembro), os participantes utilizaram tudo que aprenderam durante o treinamento para planejar e executar a montagem do domo geodésico. A estrutura, composta por uma rede de polígonos, forma uma esfera ou parte dela, respeitando o tempo de execução, os custos e até os imprevistos. A prova foi uma amostra de como os projetos devem ser planejados e executados.


O coordenador do curso, Leandro Piva: metodologia mais intuitiva facilita a excecução dos projetos.

Segundo o coordenador da atividade, Leandro Piva (PEPL.GB), a ideia do curso foi preparar os colaboradores para desenvolver projetos mais eficientes. Para isso, eles receberam uma ferramenta moderna e de fácil aplicação. “Queremos melhorar as práticas de Gerenciamento de Projetos dentro de Itaipu. Esperamos que a partir desta aprendizagem, as áreas possam desenvolver seus projetos de maneira mais apropriada e que eles sejam mais bem-sucedidos”, explicou.

Mais simples e intuitivo


Murillo Cussolin (MTSI.DF) e Cassia Arndt Wutzke (PCCP.TE) usam o quadro da metodologia.

O curso foi baseado no Project Model Canvas, considerada hoje uma das ferramentas mais versáteis e colaborativas para a definição e o planejamento de projetos. A metodologia consiste em um diagrama contendo 13 espaços que devem ser pensados e preenchidos pelas equipes para o lançamento de um projeto.

“Inicialmente, os empregados de diversas áreas participaram das atividades teóricas, para entender a metodologia. No final, eles puderam planejar e executar os ensinamentos na prática”, explicou o coordenador da atividade, o consultor José Finocchio Junior.


O consultor José Finocchio Junior durante a explicação da atividade, no último dia 9.

A construção do domo seguiu a dinâmica PMDOME, um treinamento semelhante a uma competição, mas que permite colocar em prática o Project Model Canvas. Ao final, “venceram” as equipes que entregaram a cúpula em perfeitas condições e sem variação de orçamento e cronograma.

Diferentemente do método tradicional do PMBOK – outra metodologia usual para planejamento de projetos e que prevê a elaboração de planos mais elaborados – o PMDOME é mais intuitivo e simplificado.

Na prática


O colega Marcos Dellazari (SIPS.GB) já usa o planejamento nas suas atividades.

O analista de sistemas Marcos Dellazari, da Divisão de Suporte Técnico (SIPS.GB), disse que a metodologia já vem sendo empregada na Superintendência de Informática. “Quando vamos elaborar um projeto, conseguimos prever melhor os custos, os riscos, o tempo de implantação e assim, respeitar o prazo”.

Para Michelle Peres, da Divisão de Áreas Protegidas (MARP.CD), a ferramenta está aprovada. “Ela é prática, basta seguir os 13 passos, e, acima de tudo, incentiva a criatividade”. Na avaliação da colega, outra vantagem é que este tipo de treinamento oferecidos pela Itaipu promove a interação com demais profissionais da empresa.


Michelle Peres (MARP.CD) aprovou a ferramenta e o curso.

Veja mais fotos do treinamento:

Versão para impressão