Billy desvenda os céus da China

Billy desvenda os céus da China

09h46 - 11/09/2007


Billy nos céus da China.          

Nosso homem-pássaro, o colega Valtemir Pereira de Souza, o Billy (foto), nunca imaginou alçar um vôo tão alto em sua carreira. Ele representou o Brasil no Campeonato Mundial de Paramotor, em Pequim, na China, de 1º a 9 de setembro. O resultado a gente ainda não sabe, mas independente da marca atingida pelo campeão, valeu e muito.
 
Vamos pegar hoje uma carona no vôo de Billy pelas paisagens da China e conhecer alguns locais por onde ele passou e levou toda a nossa energia, representando o Brasil. Só dois brasileiros disputaram o campeonato: o empregado de Itaipu e o piloto paulista Marcelo Menin. O que é um grande orgulho para Billy, e para nós também.


Um pouco mais das paisagens chinesas.    
    
Atual recordista paranaense e brasileiro de vôo paramotor em distância, Billy conquistou no ano passado a marca de 262 quilômetros em linha reta, utilizando 22 litros de combustível, num total de 6h e 40 minutos de vôo. Ele fez o percurso de Camboriú  (SC) a Balneário Gaivotas, perto de Torres (RS). 
    

    

Opção pelo paramotor
Antes de optar pelo paramotor, Billy praticou pára-quedismo durante 20 anos. No total, foram 803 saltos registrados na carreira. Há 12 anos, ele mudou a forma de voar. Além de participar de competições e feiras no país, Billy sempre recebe convites para representar o Brasil nos países do Mercosul. 
    
        

Versão para impressão